18.9 C
Balneário Camboriú

Nós Balneário Camboriú

2ª etapa da reforma das Estações Elevatórias moderniza equipamentos e sistemas

O serviço consiste na substituição de equipamentos do sistema de retenção de sólidos

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

good newshot

UniSociesc está com Plantão on-line de Condições Especiais

Siga construindo seu futuro estudando em uma das melhores instituições de ensino do Sul do País

Unimed será patrocinadora da roda gigante de Balneário Camboriú

Mensagens publicitárias da Unimed serão veiculadas nos monitores de vídeo instalados nas 36 cabines da roda gigante e nos painéis do empreendimento
Siga-nos no Google News

A Empresa Municipal de Água e Saneamento (EMASA) iniciou na última semana, a segunda etapa de manutenções e reformas das Estações Elevatórias de Efluentes da região Central, localizadas na extensão das Avenidas Brasil e Alvin Bauer, além da Estação de Recalque na Rua 3700.

LEIA TAMBÉM:
BC tem 80 casos ativos de coronavírus; apenas 2 estão na UTI

O serviço consiste na substituição de equipamentos do sistema de retenção de sólidos. Este sistema é responsável por conter materiais como restos da construção civil, madeira, plástico, papelão, sacos e ainda, papel higiênico, fio dental, absorventes, cabelo, cotonetes e fraldas, evitando que estes resíduos cheguem à Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) e comprometam as etapas de tratamento do efluente. Periodicamente, o conjunto passa por limpeza, para garantir a eficiência no tratamento de efluentes.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Segundo o engenheiro do departamento de Manutenção de Esgoto, Erivan James Rodrigues, os novos cestos instalados contarão com uma tecnologia de içamento automatizado. “A limpeza de maneira manual é demorada e pesada para os profissionais que a executam. Com a implantação desta tecnologia, é possível aumentar a frequência das limpezas, além de proporcionar mais segurança aos colaboradores”, pontua Erivan. Além do sistema automatizado de içamento dos cestos, serão instaladas novas comportas também mais modernas, operando através de sistema hidráulico para abertura e fechamento, sendo utilizadas para interromper o fluxo de esgoto quando são feitas manutenções e limpezas preventivas.

Na primeira etapa da reforma, essas elevatórias receberam a instalação de novas tampas, pintura e substituição de alguns equipamentos com desgaste, como o conjunto de moto bombas, barriletes – conexões e válvulas que unem os conjuntos motobombas à tubulação de recalque – e as válvulas de retenção do barrilete, responsáveis por evitar o retorno do esgoto bombeado.

O Município conta com 23 Estações Elevatórias em funcionamento, que recebem a contribuição das redes de esgoto de suas proximidades e têm como principal função, transportar o efluente que recebem de uma cota normalmente mais baixa, para uma cota mais elevada, até chegar na Estação de Tratamento de Esgoto (ETE), no Bairro Nova Esperança.

PUBLICIDADE

Impeachment: Kennedy Nunes será relator da denúncia contra governador e a vice

O nome dele foi sorteado durante a sessão de instalação do Tribunal Especial de Julgamento

Rua 51 sofrerá intervenção a partir da segunda-feira, 28

A intervenção tem previsão de 10 dias
PUBLICIDADE

NOTÍCIAS DE

Balneário Camboriú

SOCIAL PROOF

212,739FansLike
36,955FollowersFollow
185SubscribersSubscribe

COMENTE

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

PUBLICIDADE
Enviar mensagem
Envie sua notícia
Envie sua NOTÍCIA ou sua DENÚNCIA para a nossa equipe de jornalismo!