Nós Balneário Camboriú

18.9 C
Balneário Camboriú

5.865 unidades consumidoras ainda estão sem energia elétrica em Balneário Camboriú

Barra Norte, Vila Real, Jardim Iate Clube e uma parte do Centro, bairro das Nações e Estados também continuam sem abastecimento

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

good news

Siga-nos no Google News

A passagem do ciclo-bomba em Balneário Camboriú deixou 54.090 unidades consumidoras sem energia elétrica na tarda da última terça-feira (30). Nesta quarta-feira (01), 5.865 unidades consumidoras ainda sofrem com a falta do abastecimento de energia elétrica na cidade.

LEIA TAMBÉM:
Balneário Camboriú contabiliza os danos do ciclone extratropical

Há relatos de vários moradores que continuam sem energia. Uma moradora diz que um fio de alta tensão estourado está jogado na rua Blumenau entre a 5ª Avenida e a a 6ª Avenida. Outra moradora pede ajuda na rua 901, o local também conta com fios no chão. A prefeitura de Balneário Camboriú informou que equipes estão trabalhando para tentar solucionar o quanto antes.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Barra Norte, Vila Real, Jardim Iate Clube e uma parte do Centro, bairro das Nações e Estados também continuam sem abastecimento.

Esse foi o maior dano da história na rede elétrica de Santa Catarina. Embora a Celesc estivesse preparada para a passagem do Ciclone com equipes de sobreaviso, os danos foram muito significativos. Neste momento, equipes trabalham para recuperar o sistema, mas o trabalho exige retirada de material pesado das redes e a previsão é que seja estendido por alguns dias em determinadas localidades. A Celesc está trabalhando para recompor 75% a 80% do sistema até o final desta quarta-feira (01).

Receba notícias de Balneário Camboriú e região pelo Telegram do Camboriú News

PUBLICIDADE

COMENTE

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

* Os comentários publicados são de absoluta responsabilidade de seus autores, e não devem ser entendidos como posicionamento do Camboriú News e seus editores.

camboriú shop

Enviar mensagem
Envie sua notícia
Envie sua NOTÍCIA ou sua DENÚNCIA para a nossa equipe de jornalismo!