Nós Balneário Camboriú

18.9 C
Balneário Camboriú

50 captação de órgãos já foram realizadas neste ano no Ruth Cardoso

No total, o Hospital Municipal de BC captou 24 córneas, 17 rins e nove fígados

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Siga-nos no Google News

O mês de setembro é marcado pela Campanha Nacional para a Doação de Órgãos e Tecidos, o Setembro Verde. Líder na captação de órgãos em Santa Catarina por duas vezes seguidas – uma em 2019 e outra em 2020 -, o Hospital Municipal Ruth Cardoso (HMRC) já captou neste ano, 24 córneas, 17 rins e nove fígados, totalizando 50 órgãos doados.

O trabalho é desenvolvido pela Comissão Intra-Hospitalar de Doação de Órgãos e Tecidos para Transplante (CIHDOTT) do Hospital Ruth Cardoso, composta por seis enfermeiras, uma psicóloga e dois médicos intensivistas. A unidade realiza captação de coração, fígado, rim, pâncreas, medula óssea, osso, pele, córnea e esclera do olho.

Segundo o diretor de enfermagem do hospital, Ricardo Brodersen, a negativa familiar para doação de órgãos ocorre por conta da incompreensão da importância do ato. “Doar órgãos é doar vida. O hospital trabalha a conscientização das famílias sobre a importância da doação de órgãos, tecidos e células, tirando todas as dúvidas a respeito do assunto. Assim, pretende incentivar as pessoas a adotarem a iniciativa”, explica.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

A doação de órgãos é uma decisão da família, ato assegurado pela Lei nº 9.434, de 4 fevereiro de 1997, que institui a legalidade sobre a remoção de órgãos, tecidos e partes do corpo humano para fins de transplantes e tratamento, caso seja de livre vontade e autorizado pelo doador ou familiar responsável. 

Receba notícias de Balneário Camboriú e região pelo Telegram do Camboriú News

good news
especial publicitário

PUBLICIDADE

COMENTE

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

* Os comentários publicados são de absoluta responsabilidade de seus autores, e não devem ser entendidos como posicionamento do Camboriú News e seus editores.

camboriú shop