Nós Balneário Camboriú

18.9 C
Balneário Camboriú

Camboriú terá Estação de Tratamento de Água e Esgoto

O Auditório da Prefeitura de Camboriú, ficou lotado na noite de quarta-feira, dia 30, durante a audiência pública que debateu sobre Água e Esgoto

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Siga-nos no Google News

O Auditório da Prefeitura de Camboriú, ficou lotado na noite de quarta-feira, dia 30, durante a audiência pública que debateu sobre Água e Esgoto. Os moradores decidiram pela rede de coleta e tratamento de esgoto e pela construção de uma estação própria de tratamento de água.  A audiência foi convocada e realizada pela Prefeitura com o intuito de ouvir os moradores. 

O prefeito Elcio Rogério Kuhnen abriu os trabalhos e passou a palavra para a Concessionária Águas de Camboriú que apresentou um pré-projeto de implantação de rede coleta e Estação de Tratamento  de Esgoto (ETE) e Estação de Tratamento de Água, com quatro cenários  diferentes de implantação. “Nós realizamos vários estudos e pedimos para a empresa apresentar várias possibilidades. O objetivo é buscar soluções a médio e longo prazo para a melhoria do saneamento básico de Camboriú”, comenta presidente da Fundação do Meio Ambiente, Liara Rotta Padilha Schentinger. 

Os moradores fizeram uso da palavra e puderam tirar suas dúvidas. Com os esclarecimentos feitos, Liara conduziu a votação, que aprovou a proposta número três. O cenário aprovado prevê a construção de um Estação própria de Tratamento de Água (ETA), que hoje é tratada pela Emasa, de Balneário Camboriú. A ETA  já estava contemplada no contrato que deu concessão à empresa Águas de Camboriú. A implantação de rede de coleta de esgoto, com 280 quilômetros de tubos e a construção da ETE. As obras terão início a partir de 2021. 

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

“É um grande passo para o saneamento básico de Camboriú. Fizemos questão de ouvir a comunidade e tomar uma decisão tão importante como essa de forma conjunta. Temos umas questões jurídicas para acertar, como um aditivo ao contrato com a concessionária para a implantação do esgoto”, destaca o prefeito.   

Receba notícias de Balneário Camboriú e região pelo Telegram do Camboriú News

good news
especial publicitário

PUBLICIDADE

1 COMENTÁRIO

  1. Se a ETA estava contemplada no contrato com Águas de Camboriú, porque o aditivo para ela fazer o que estava no contrato?, afinal estava ou nào estava? E de quanto será o aditivo? É preciso lembrar que este contrato foi feito com a Prefeita Presidiaria, cujo curriculo na área da corrupção publica é extensa,ou já esqueceram?

COMENTE

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

* Os comentários publicados são de absoluta responsabilidade de seus autores, e não devem ser entendidos como posicionamento do Camboriú News e seus editores.

camboriú shop