Caminhoneiro que arrastou moto por 32 km deixou vítima gravemente ferida

Motociclista seguiu pendurado na cabine do caminhão e mulher que estava na garupa ficou gravemente ferida

0
43675
Divulgação

Na tarde do último sábado (06), a cena de um caminhão arrastando uma moto por 32 km, enquanto o motociclista seguia pendurado na cabine, chocou moradores da região. Vídeos mostram imagens do motociclista pendurado na janela do caminhão enquanto sua moto estava presa na parte da frente do veículo de carga.

O acidente aconteceu por volta das 16 horas, em Penha, onde o caminhão atingiu um casal de Camboriú. Uma das vítimas, Sandra Pereira, de 47 anos, caiu da moto e foi encaminhada para Hospital Marieta Konder Bornhausen, em Itajaí.

Já seu marido, Anderson Pereira, de 49, desmaiou e foi arrastado junto com a moto por alguns quilômetros. Quando o homem acordou, ele escalou até a cabine do motorista pedindo para o caminhoneiro parar, mas não foi atendido. A vítima seguiu pendurada até o Morro do Boi. Após a ação de populares para parar o caminhão, Anderson socorrido e levado ao Hospital Ruth Cardoso, em Balneário Camboriú.

No momento o estado de saúde de Sandra é grave. Segundo informações, a mulher sofreu traumatismo craniano, lesão na face, perfuração no pulmão e rins. Já Anderson, está estável porém em estado de choque.

A Polícia Rodoviária Federal, informou que o motorista do caminhão fez o teste do bafômetro e não apontou uso de álcool. No entanto, ele foi encaminhado para a Polícia Civil de Balneário Camboriú por dirigir com a capacidade psicomotora alterada em razão de substância psicoativa.

ATUALIZAÇÃO: Vítima de acidente com caminhão na BR-101 morre no hospital neste domingo

Justiça nega pedido de revogação da prisão preventiva do caminhoneiro que arrastou moto na BR 101

Justiça volta a negar revogação de prisão preventiva de caminhoneiro que arrastou moto na BR 101

COMENTE

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui