Nós Balneário Camboriú

18.9 C
Balneário Camboriú

Cerca de 40kg de camarão são apreendidos pela GM e fiscalização da prefeitura na Praia Central de BC

O pescador flagrado foi levado à delegacia de polícia

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

good news

Siga-nos no Google News

Após receberem denúncia de pesca irregular na Praia Central de Balneário Camboriú, equipes do Grupo de Proteção Ambiental da Guarda Municipal e da fiscalização da Secretaria do Meio Ambiente apreenderam cerca de 40 quilos de camarão. A ação ocorreu às 11h desta quarta-feira (5).

A pesca de arrasto para capturar camarão é proibida até 31 de maio, para permitir a reprodução do crustáceo. O período de defeso começou em 1° de março. O pescador flagrado foi levado à delegacia de polícia. Já o camarão foi doado à Secretaria de Inclusão Social e ao Lar de Idosos São Vicente de Paula.

A fiscalização ambiental nas praias está intensificada desde 1º de maio, quando iniciou a temporada de pesca da tainha. Não é permitido rede a menos de 300 metros da costa do mar. Abaixo, confira as orientações para o período de safra da tainha, que vai até 31 de julho.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO


Orientações para o período da temporada de pesca da tainha nas praias de Balneário Camboriú (de 1º de maio a 31 de julho):

– É vedado o uso de armação de redes de pesca do tipo feiticeira e de malha, além do uso de cilibrim e fisgas;

– É proibido o uso de jet skis e lanchas rebocadoras de banana boat.

– Embarcações motorizadas devem manter afastamento de uma milha náutica (1,852 km) a contar da linha da costa nos locais em que ocorre a prática tradicional de arrastão com canoas a remo.

Receba notícias de Balneário Camboriú e região pelo Telegram do Camboriú News

PUBLICIDADE

COMENTE

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

* Os comentários publicados são de absoluta responsabilidade de seus autores, e não devem ser entendidos como posicionamento do Camboriú News e seus editores.

camboriú shop

Enviar mensagem
Envie sua notícia
Envie sua NOTÍCIA ou sua DENÚNCIA para a nossa equipe de jornalismo!