Nós Balneário Camboriú

18.9 C
Balneário Camboriú

Confere News: Supervisor dos Agentes de Trânsito anda em uma moto com mais de R$ 5 mil em débitos?

Seria Mello um péssimo exemplo ou vítima de difamação? Conferimos.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

good news

Siga-nos no Google News

De tempos em tempos, principalmente em tempos de eleição, surgem em Balneário Camboriú, páginas de humor e/ou denúncias, que ganham muitos seguidores pelo seu teor sensacionalista. Ocasionalmente trazem denúncias autênticas, mas sem a seriedade do jornalismo e o comprometimento com a verdade, muitos dos fatos divulgados por tais páginas são carregados de fake news.

Com o objetivo de atingir, com sátiras e deboches, o governo municipal atual, das “novas ideias”, e prejudicar o grupo político nas eleições que se aproximam, uma dessas páginas tem usado e abusado das críticas ao prefeito Fabrício Oliveira e aliados.

Um dos alvos de crítica nesta semana foi o supervisor de trânsito Luciano Osni de Mello, acusado de utilizar uma moto com mais de R$ 5.100,00 em débitos, sendo R$ 4.600,00 em multas de trânsito.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

“Faça o que eu mando, não faça o que eu faço! O supervisor de trânsito Luciano Osni de Mello, pré candidato a vereador e cargo de confiança do prefeito Fabrício de Oliveira utiliza a moto da sua esposa para trabalhar com mais de R$ 4.600,00 em multas e débitos em mais de R$ 5.100,00”, diz o flyer digital com letras garrafais, publicado pela página Novas Ideias Mil Grau. “Belo exemplo aos seus subordinados”, traz a frase estampada em cima de sua foto.

Será verdade?

Seria Mello um péssimo exemplo ou vítima de difamação?

A coluna Confere News buscou saber.


A resposta do supervisor dos Agentes de Trânsito é:

“Difamar e caluniar para atingir alguém ou uma administração é um crime. Agora, se esconder atrás de um perfil, torna esse crime ainda mais escroto. Hoje tentaram me difamar, mostrando fotos minhas numa motoneta que possui débitos acumulados. Vamos a verdade dos fatos: a motoneta com a documentação atrasada é da minha ex-esposa, cuja relação teve término há mais de 6 anos, quando essa foto foi feita. Segundo ela, os débitos da motocicleta foram provocados por um terceiro, portanto não tenho nada a ver com essa questão. Em vez de caluniar e tentar denegrir o meu trabalho é melhor arranjar o que fazer. Enquanto vocês fazem politicagem para destruir um grupo, nós trabalhamos pela cidade que amamos! Esse tipo de mentira demonstra o desespero e despreparo de que usa desse tipo de postagem para macular um trabalho sério e responsável.”


A denúncia é uma ‘fake news’. A foto foi feita há 6 anos, antes das infrações, cometidas por terceiro em 2017.

Receba notícias de Balneário Camboriú e região pelo Telegram do Camboriú News

PUBLICIDADE

COMENTE

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

* Os comentários publicados são de absoluta responsabilidade de seus autores, e não devem ser entendidos como posicionamento do Camboriú News e seus editores.

camboriú shop

Enviar mensagem
Envie sua notícia
Envie sua NOTÍCIA ou sua DENÚNCIA para a nossa equipe de jornalismo!