Nós Balneário Camboriú

18.9 C
Balneário Camboriú

Covid-19: aprenda a fazer o descarte correto de máscaras e luvas

O uso de EPIs é uma das melhores formas para evitar a contaminação do coronavírus, No entanto, é importante realizar o descarte corretamente destes materiais

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Siga-nos no Google News

Os cuidados de higienização das mãos e o uso de Equipamentos de Proteção Individual (EPI) são as melhores formas para evitar a contaminação do novo coronavírus, além do isolamento social. No entanto, é importante também ficar atento à maneira correta de descarte destes materiais, principalmente para impedir a propagação do coronavírus.

LEIA TAMBÉM:
Covid-19: Balneário Camboriú ganha 10 novas vagas de UTIs

A Secretaria de Saúde de Balneário Camboriú recomenda que a população utilize a máscara de tecido, que pode ser reutilizada após a lavagem – que deve ser feita em uma solução de água sanitária em uma proporção de 10 ml para meio-litro de água.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

No caso das máscaras descartáveis, a orientação é o descarte em um saco plástico bem amarrado e colocar em uma lixeira com tampa. O saco plástico cria uma barreira de proteção e evita o contágio de terceiros.

Após o uso, a pessoa deve removê-la pelas presilhas elásticas por trás das orelhas, mantendo a máscara afastada do rosto e das roupas. Evite tocar nas superfícies externas do material para impedir a contaminação. Assim que descartar a máscara no lixo é importante higienizar as mãos com água e sabão ou álcool em gel. Esta orientação vale também para utilização de luvas.

Confira a maneira correta de uso das máscaras de tecido:

1. A máscara de tecido tem efetividade por até duas horas de uso, devendo ser trocada depois desse período devido à umidade natural produzida pela própria respiração;

2. Use a máscara sempre que precisar sair de casa. Saia sempre com pelo menos uma reserva e leve uma sacola para guardar a máscara suja, quando precisar trocar;

3. Certifique-se de que não está entrando ar por frestas laterais, superiores ou inferiores; óculos ou até mesmo esparadrapo podem ajudar na fixação no nariz;

4. Chegando em casa, retire sapatos, lave bem as mãos e só então retire a máscara;

5. Remova a máscara pegando pelo elástico ou laço da parte traseira, evitando tocar na parte da frente – que pode estar contaminada;

6. Faça a imersão da máscara em recipiente com água potável e água sanitária (2,0 a 2,5%) por 30 minutos. A proporção de diluição a ser utilizada é de 1 parte de água sanitária para 50 partes de água (por exemplo: 10 ml de água sanitária para 500 ml de água potável);

7. Lave a máscara usando água e sabão e faça o enxágue em água corrente;

8. Deixe secar bem. Em seguida, passe ferro quente e guarde em saco plástico limpo para a próxima utilização;

9. A máscara não pode ser utilizada úmida ou suja. Se notar desgaste no tecido, descarte;

10. Antes de todos os procedimentos com a máscara – estender, recolher, passar, guardar, colocar – lave bem as mãos.

Receba notícias de Balneário Camboriú e região pelo Telegram do Camboriú News

good news
especial publicitário

PUBLICIDADE

COMENTE

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

* Os comentários publicados são de absoluta responsabilidade de seus autores, e não devem ser entendidos como posicionamento do Camboriú News e seus editores.

camboriú shop