Nós Balneário Camboriú

18.9 C
Balneário Camboriú

Covid-19: SUS tem 8 UTIs disponíveis em BC; Itajaí já não tem mais vagas

Região é uma das que menos tem leitos de UTI no Estado e está desamparada pelo governo

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

good news

Siga-nos no Google News

Sobe para 60% a ocupação dos leitos de UTI do Centro Municipal de Acolhimento e Tratamento Covid-19 de Balneário Camboriú. Pacientes de outras cidades são responsáveis por 66% da ocupação.

LEIA TAMBÉM:
Com UTIs quase no limite, vereador Omar cobra ajuda do Estado ao Ruth Cardoso

O espaço conta com 20 leitos de Unidade de terapia intensiva (UTI). Desses, 12 estão ocupados, sendo apenas quatro moradores de Balneário Camboriú, 5 de Camboriú, 1 de Itajaí, 1 de Navegantes e 1 de Itapema.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

No boletim da última segunda-feira (25), apenas dois pacientes de Balneário Camboriú estavam na UTI, mas em 24h esse número dobrou.

Desde o último domingo (24), o Hospital Marieta Konder Bornhausen de Itajaí está sem vagas para UTI, e está transferindo pacientes da covid-19 para Balneário Camboriú. Com essas transferências essa situação do Centro Covid de BC pode piorar rapidamente.

A região da Foz do Rio Itajaí-Açu é uma das que menos tem leitos de UTI no Estado. Ao todo, entre hospitais públicos privados, são apenas 59 leitos.

O Ministério Público de Santa Catarina (MPSC) cobra o Governo Estadual sobre as UTIs para a região. Em contra partida 30 leitos foram oferecidos para o Hospital Marieta Konder Bornhausen e 10 leitos para o Hospital Ruth Cardoso.

Balneário Camboriú não atende os pacientes de coronavírus no Ruth Cardoso. A cidade conta com a estrutura do Centro Covid que fica localizado na estrutura do Pronto Atendimento do bairro dos Municípios (PA Municípios). Sendo assim, não pode aceitar a oferta dos novos leitos pois não tem espaço.

Logo, a proposta do Estado foi direcionada para Itajaí. O Governo propôs implantar 40 leitos de UTI no Hospital Marieta Konder Bornhausen. O município respondeu que consegue receber apenas 30 leitos no Marieta, pois no lugar já funcionam 20 UTIs. Porém, existe uma obra de ampliação do hospital, o Complexo Madre Teresa, que começou a ser construído em 2012 e nunca foi concluído.

O compromisso assumido pelo Governo de Santa Catarina com a região dos Municípios da Foz do Rio Itajaí é de instalar um total de 99 novos leitos de UTI, exclusivos para tratamento do novo coronavírus, no Hospital Marieta – sendo 59 no complexo atual e outros 40 no Complexo Madre Teresa, cuja obra está em andamento. Até o momento, só os 20 novos UTIs estão funcionando no Marieta e nenhum no Complexo Madre Teresa.

O Governo se manifestou através de nota, porém não tocou na promessa feita pelo ex secretário de Estado da Saúde, Helton Zeferino. Há três meses, antes de sair, ele prometeu equipar com 60 leitos dois andares do Complexo Madre Tereza.

Receba notícias de Balneário Camboriú e região pelo Telegram do Camboriú News

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

COMENTE

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

O conteúdo dos comentários publicados é de absoluta responsabilidade de seus autores, jamais representando a posição oficial dos editores do Camboriú News, nem do próprio.

PUBLICIDADE
Enviar mensagem
Envie sua notícia
Envie sua NOTÍCIA ou sua DENÚNCIA para a nossa equipe de jornalismo!