Nós Balneário Camboriú

18.9 C
Balneário Camboriú

Educação de Camboriú se prepara para volta às aulas presenciais

Escolas realizaram pesquisa para saber quais os alunos irão à sala de aula. O aluno poderá optar por ter aula em casa ou híbrida

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

good news

Siga-nos no Google News

Os municípios da Associação da Foz do Rio Itajaí (Amfri) participaram de uma capacitação para a retomada das aulas presenciais de forma segura. A Secretaria de Educação de Camboriú se prepara, de acordo com o protocolo elaborado no treinamento, para receber os alunos nas escolas com todas as medidas de segurança contra a Covid-19, a partir do dia 18 de fevereiro.

O Plano Regional de Comunicação e Informação – PLANCON EDU foi criado para garantir que as aulas voltem de foram segura em todas as redes de ensino Estadual, Municipal ou Particular. A Secretaria de educação de Camboriú realizou uma pesquisa para saber quais os alunos voltarão às aulas presenciais.

Todas as escolas devem seguir as diretrizes aprovadas no Plano. A Capacitação, realizada no ano passado, foi multiplicada em cada cidade e todos os profissionais da educação foram capacitados e elaborado o Plano Municipal de Contingência. Todos os estudantes devem ter um ano letivo com no mínimo 200 dias, contabilizando oitocentos horas.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Entre as principais diretrizes do Placon estão as regras para uso do transporte escolar, (os profissionais do setor estão passando por capacitação e só poderão atuar com a certificação do curso). Obrigatoriedade do uso de máscara por toda comunidade escolar, distanciamento entre as carteiras na sala de aula, que deve ser de 1,5 metros, disponibilização de álcool em gel no ambiente escolar e as medidas a serem tomadas em caso de pessoa com suspeita de Covid.  Vale destacar que o Plano também trata de profissionais que fazem parte do grupo de risco.

“Estamos nos adaptando e seguindo o protocolo de segurança estabelecido pelo Plancon. Uma das medidas para deixar os pais mais confiantes será o rigoroso monitoramento de casos suspeitos. Todas as pessoas da comunidade escolar que tenham tido contato direto com caso suspeito ou confirmado de COVID-19, mesmo que não apresentem sintomas, deverão imediatamente, comunicar à escola e dirigir-se ao serviço de saúde mais próximo para monitoramento e manter-se em isolamento social. As pessoas que apresentarem sintomas da Covid-19 seguirão o mesmo protocolo. Haverá limpeza e higienização dos ambientes, onde se encontrava a pessoa considerada ser um caso suspeito”, explica a secretária de Educação interina, Tathiana Ruivo Foresti.

Os alunos pertencentes aos grupos de risco, deverão continuar com as aulas não presenciais. No caso de servidores, comprovados mediante declaração médica, o trabalho em casa deverá ser adotado, desde que seja possível executar suas tarefas remotamente.

Receba notícias de Balneário Camboriú e região pelo Telegram do Camboriú News

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

COMENTE

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

O conteúdo dos comentários publicados é de absoluta responsabilidade de seus autores, jamais representando a posição oficial dos editores do Camboriú News, nem do próprio.

PUBLICIDADE
Enviar mensagem
Envie sua notícia
Envie sua NOTÍCIA ou sua DENÚNCIA para a nossa equipe de jornalismo!