18.9 C
Balneário Camboriú

Nós Balneário Camboriú

Governo do Estado esclarece gasto milionário com publicidade sem licitação

Campanha publicitária feita em caráter emergencial, com dispensa de licitação, custará R$ 2,5 milhões

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

good newshot

Unimed Litoral está entre as melhores empresas para trabalhar no Brasil

Premiação foi concedida pelo Universo Online e Fundação Instituto de Administração (FIA) com base na opinião dos colaboradores de centenas de empresas avaliadas

UniAvan recebe reconhecimento nacional de Responsabilidade Social

Selo foi concedido pela Associação Brasileira de Mantenedoras do Ensino Superior (ABMES) e levou em conta ações anuais e desenvolvidas durante a pandemia
Siga-nos no Google News

Neste sábado (28), o governo do Estado de Santa Catarina emitiu uma nota de esclarecimento para justificar o gasto de R$ 2,5 milhões com publicidade que defende o confinamento dos catarinenses.

A nota explica que a campanha “Fique em Casa”, feita em caráter emergencial, com dispensa de licitação, possui a “nobre missão e a responsabilidade de salvar vidas”, tratando-se de um tema extremamente sensível e urgente.

Confira a nota na íntegra:

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Alinhado à política de austeridade, o Governo do Estado informa que não realizou investimentos do orçamento disponível e aprovado em lei para publicidade e propaganda durante todo o ano de 2019 e nos primeiros dois meses de 2020. Uma licitação está em andamento no Estado para a seleção de agências a fim de melhor informar a sociedade a respeito de serviços públicos e prestar contas ao cidadão dos atos do Governo, atendendo a uma exigência constitucional.

A pandemia de Coronavírus antecipou a necessidade de comunicação direta e em massa com a população no intuito de informar as medidas tomadas e as políticas públicas para contenção e tratamento da doença em território catarinense, com a nobre missão e a responsabilidade de salvar vidas. Conforme parecer da PGE, trata-se de tema extremamente sensível e urgente, que não pode aguardar o regular rito processual diante da obrigação de proteção da coletividade e enfrentamento da emergência de saúde pública.

Amparado pelo art. 24, IV, da Lei Federal n. 8.666/93, foi feita a dispensa de licitação para contratação de agências de publicidade em caráter emergencial, com o apoio irrestrito dos veículos de imprensa que estão divulgando até 50% do seu conteúdo de forma espontânea e gratuita.

Participaram desta seleção as empresas de Santa Catarina que já concorrem no processo licitatório do Governo do Estado, especificamente no lote da Saúde. O critério utilizado para contratação é o de menor remuneração, de forma que as agências vencedoras zeraram o custo de honorários e o comissionamento de mídia. Ressalta-se ainda que os contratos têm um valor limite, ou seja, não podem ultrapassar o teto estipulado, mas podem ser inferiores ao projetado.

A campanha segue, rigorosamente, todas as exigências jurídicas, éticas e morais em vigor, num momento em que o Governo, aliado à sociedade catarinense, trabalha, incansavelmente, para preservar a saúde e a vida dos catarinenses.

Governo do Estado de Santa Catarina

PUBLICIDADE

BC terá ações de fiscalização das medidas contra covid e toque de recolher

Serão 80 guardas municipais, 20 fiscais de postura e 10 da vigilância sanitária fiscalizando e orientando

Homem é preso com 28 kg de maconha no Ariribá

Droga foi encontrada no interior do carro que o homem dirigia
PUBLICIDADE

NOTÍCIAS DE

Balneário Camboriú

SOCIAL PROOF

221,763CurtidasCurtir
49,700SeguidoresSiga
4,700SeguidoresSiga
236InscritosInscreva-se

3 COMENTÁRIOS

  1. Todo mundo ja estava em casa quando esse inutil gasta milhoes pra dizer o q todo mundo ja sabia, ai vc vai dar q tipo de valor para sabedoria de um cara desses, político é tudo igual todos sao morcegos, so q em vez de sangue eles querem dinheiro ou melhor eles quer o dinheiro e o sangue do povo. Igual aquele outro inutil q comprou dezenas de fiat toro pra tranportar meia duzia de folgados da educação, mesma estratégia o das fiat toro encheu o bolso em troca da compra esse ai encheu o bolso da mesma maneira.

  2. Mesmo sem conhecê-lo, bem como a maioria expressiva dos eleitores catarinenses, votei no senhor acreditando em uma nova forma de administrar, principalmente de maneira transparente. Desculpe -me, pois fui enganado. A sua desculpa para torrar todo esse dinheiro o iguala a tantos outros que comandaram o Estado. Que feio! E vou cobrar da nossa deputada Paulinha esse seu posicionamento.

COMENTE

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

PUBLICIDADE
Enviar mensagem
Envie sua notícia
Envie sua NOTÍCIA ou sua DENÚNCIA para a nossa equipe de jornalismo!