18.9 C
Balneário Camboriú

Nós Balneário Camboriú

Homem com problemas psicológicos faz reféns no CRAS do Monte Alegre

Após desentendimentos, o homem perdeu o controle e manteve três funcionários reféns, trancados

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

good newshot

UniSociesc está com Plantão on-line de Condições Especiais

Siga construindo seu futuro estudando em uma das melhores instituições de ensino do Sul do País

Unimed será patrocinadora da roda gigante de Balneário Camboriú

Mensagens publicitárias da Unimed serão veiculadas nos monitores de vídeo instalados nas 36 cabines da roda gigante e nos painéis do empreendimento
Siga-nos no Google News

Na sexta-feira (31), por volta das 09h30, a Polícia Militar foi acionada para o atendimento de uma ocorrência de ameaça e/ou cárcere privado no Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) do Monte Alegre, situado na rua Monte Neblina, em Camboriú.

Um homem, de 45 anos, dependente químico e com problemas psicológicos, após desentendimentos com funcionários da unidade, perdeu o controle e, usando duas facas de mesa, manteve três funcionários reféns, trancados.

Com a chegada da PM, foram iniciados os procedimentos padrões de contenção nesse tipo de situação, bem como realizada a primeira intervenção, passando pela negociação e gerenciamento da crise.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Após diálogo com o perpetrador, ele entendeu por bem se entregar. O homem foi encaminhado ao Hospital, medicado e posteriormente conduzido a Delegacia de Polícia.

Ele possui registros policiais por homicídio, roubo, ameaça, furto, posse e tráfico de drogas.

PUBLICIDADE

Homem é flagrado tentando furtar triciclo na rua 1500

A GM avistou o homem com um objeto de ferro, fazendo movimentos para estourar o cadeado

Marido mata esposa a tiros na frente do filho em Camboriú

Filho, que tem síndrome de down, assistiu ao assassinato da mãe
PUBLICIDADE

NOTÍCIAS DE

Balneário Camboriú

SOCIAL PROOF

213,568FansLike
36,955FollowersFollow
185SubscribersSubscribe

2 COMENTÁRIOS

  1. Faço tratamento no Capri de bc e a última consulta minha do mês de dezembro a doutora quis dizer que meus sintomas eram coisas que eu colocava na cabeça que eu não precisava toma medicamentos pq era coisa do demônio era pra mim ir pra igreja eu ali na frente dela falando meus sintomas e ela parecia que eu não sentia oque eu estava falando não me senti segura e na igreja eu vou quando me sinto bem que é raro mas eu me senti uma criança sem pai e sem mãe sem chão para pisa pq quando me dá crises de oque eu quero é morre pq a sensação é inexplicável não tem como descrever oque agente sente se é vontade de morre,de sumi se mata,sei lá só sei que o medo do nada toma conta da gente e de que agente quê é sumi pq a maioria das pessoas duvidam dos sintomas que agente tem igual a doutora que me consultou eu fiquei decepcionada mais oprimida pq eu esperava que me compreende -se e não quê me contrariasse duvidando oque sinto

  2. Mais uma coisa não sou usuária de drogas mas as primeiras crises que tive foi quando meu filho foi internado e desenganado pelos médicos com 12 dias de vida em 2008 por causa de uma bactéria no ubigo pega no hospital em maio ele completa 12 anos me tratei e pensei estar curada voltei a trabalha e em 2017 engravidei de volta e foi uma gravidez tranquila até um marginal me asalta com uma arma de mentira na última semana de gestação em Itajaí e foi pego na balsa com uma arma de brinquedo mas não tive coragem de ir até a delegacia resgata o meu celular pq já estava com sintomas de pânico das pessoas e dês de então venho passando td oque passei lá em 2008 tive que muda de cidade e hj tenho medo de sair sozinha medo de falar com as pessoas então procuro fica mais trancada em casa pra não sentir medo mas mesmo asim o medo do nada está dentro de mim é complicado explica só qm tem oque tenho sb o quanto é ruim a sensação

COMENTE

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

PUBLICIDADE
Enviar mensagem
Envie sua notícia
Envie sua NOTÍCIA ou sua DENÚNCIA para a nossa equipe de jornalismo!