Nós Balneário Camboriú

18.9 C
Balneário Camboriú

Idosa sofre trauma na cabeça após ser atropelada por ciclista na faixa de pedestre na Atlântica

"Espero que ela se recupere pois até agora estava sonolenta, tonturas que mal pode levantar, dores fortíssimas de cabeça", relata a filha da vítima

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Siga-nos no Google News

No último sábado, 04, por volta das 22h40, uma senhora de 62 anos de idade, sofreu um corte na cabeça, acompanhado por sangramento, após ser atropelada na faixa de pedestre na ciclofaixa da Avenida Atlântica, na altura da rua 2900.

+ Nova linha do transporte público irá da Praia dos Amores até a Barra Sul a partir desta terça

A moradora de Balneário Camboriú estava acompanhada de uma amiga, também idosa, e foram surpreendidas por adolescentes de bicicleta em alta velocidade no momento em que iam atravessar a rua. A vítima foi atropelada por um dos meninos, caiu, bateu com a cabeça no meio fio e ficou desacordada.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Um Policial Militar do Paraná estava em um restaurante e viu a cena, prestando os primeiros socorros. A equipe do Camboriú News estava no local quando o acidente aconteceu e observou a senhora caída no chão, enquanto o Policial paranaense estava estancando o sangramento com um pano. A vítima já estava acordada, porém estava desorientada, não sabia o que havia acontecido e não conseguia desbloquear o celular para avisar os familiares. O autor do atropelamento estava no local acompanhando a situação.

O SAMU foi acionado, porém informaram que estavam sem ambulância. O próprio Camboriú News ligou para os bombeiros, que informaram a mesma coisa. Uma viatura da Policia Militar que estava próxima do local foi acionada por uma mulher, que foi até ela pedir ajuda.

Quando a viatura chegou ao local, os policiais apenas pararam o veículo na calçada e observaram a situação. Logo em seguida a ambulância do SAMU chegou e socorreu a idosa, que berrava relatando dor e tontura. Ela teve a cabeça enfaixada e foi levada de ambulância para o hospital.

O adolescente, autor do atropelamento, ficou no local acompanhando a situação e não recebeu nenhuma orientação por parte da polícia, sobre o ocorrido.

Na noite de domingo, 05, a filha da senhora entrou em contato com o Camboriú News e relatou a situação da mãe. “Não sabem os transtornos gerados com a batida na cabeça. Espero que ela se recupere pois até agora estava sonolenta, tonturas que mal pode levantar, dores fortíssimas de cabeça. Tamanha indignação estou com este ciclista… Na faixa de pedestre ainda”, desabafou a a filha da vítima. A moça demostra sua indignação com o fato da mãe estar sofrendo e o ciclista não ser penalizado e nem ao menos orientado.

Ela finalizou o contato com o nosso portal agradecendo ao policial de Curitiba que prestou os primeiros socorros à sua mãe.

Receba notícias de Balneário Camboriú e região pelo Telegram do Camboriú News

good news
especial publicitário

PUBLICIDADE

COMENTE

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

* Os comentários publicados são de absoluta responsabilidade de seus autores, e não devem ser entendidos como posicionamento do Camboriú News e seus editores.

camboriú shop