Mão decepada: ciúmes de colega de trabalho teria motivado tentativa de homicídio

Motociclista teve a mão direita decepada por um facão após tentar atirar em outro homem que estava dentro de um carro

0
4485
Divulgação

Na tarde desta quarta-feira, 11, a Polícia Militar atendeu uma ocorrência envolvendo tentativa de homicídio na Rua Flamboyant.

+ Homem tenta assaltar agropecuária, foge por cima de telhados e é capturado pela PM

Chegando no local a guarnição se deparou com um homem, 22 anos, sendo atendido pelo SAMU, onde foi possível visualizar que estava com sua mão direita amputada, e sua mão esquerda quase que completamente também amputada e já sendo conduzido ao hospital Ruth Cardoso e sua moto HONDA/CG 150 TITAN ESD tombada no chão, com fita adesiva preta na placa, sendo alterada a placa.

A vítima, identificada como Emerson, relatou que estava em uma moto e foi atirar em outro homem, de 21 anos, que estava em um carro, sendo que sua arma falhou. Nesse momento o condutor do HONDA/HR-V derrubou Emerson junto com a moto, saiu do carro com um facão e decepou sua mão direita e tentou decepar sua mão esquerda também.

Colhido essas informações, a guarnição do Tático de Camboriu deslocou na residência do Homem (21), localizada na Rua Manoel Inácio Linhares, onde foi localizado o veículo HONDA/HR-V colidido, o autor das facãozadas homem (21), sendo dado voz de prisão e o facão apreendido.

O homem (21) relatou que o Emerson na data de hoje tentou lhe matar disparando com uma arma de fogo, sendo um calibre .38, enquanto transitavam pela rua Flamboyant, onde em legítima defesa jogou seu veículo contra a moto HONDA/CG 150 TITAN ESD, sendo que derrubou o mesmo, onde Emerson ainda no chão tentou disparar contra sua pessoa, onde pegou um facão e desferiu uma facão na mão direita para cessar a agressão, sendo que arrancou a mão direita do mesmo, onde que ainda ferido, pegou a arma com a mão esquerda, onde sem ter outra opção desferiu outra facãozada na mão esquerda, onde feriu o mesmo para se defender, onde pegou a arma e se evadiu para resguardar sua integridade, saindo para a rua Manoel Inácio Linhares onde ficou esperando a PM chegar com a arma em cima da mesa e pediu para sua esposa abrir a porta para os policiais.

A Polícia Militar informou que motivação do crime segundo um dos envolvidos, seria ciúme por causa de uma colega de trabalho de ambos.

Diante de todos os fatos narrados, a guarnição acionou a polícia civil, IGP, que estiveram no local e fizeram todo levantamento fotográfico.

O homem (22) permanece em atendimento no hospital Ruth Cardoso. O homem (21) foi conduzido à CPP.

COMENTE

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui