18.9 C
Balneário Camboriú

Nós Balneário Camboriú

Ministério da Saúde seleciona projeto de fitoterapia de BC

Balneário Camboriú receberá R$ 447.727,15 para executar o projeto

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

good newshot

UniSociesc está com Plantão on-line de Condições Especiais

Siga construindo seu futuro estudando em uma das melhores instituições de ensino do Sul do País

Unimed será patrocinadora da roda gigante de Balneário Camboriú

Mensagens publicitárias da Unimed serão veiculadas nos monitores de vídeo instalados nas 36 cabines da roda gigante e nos painéis do empreendimento
Siga-nos no Google News

Balneário Camboriú é um dos 20 municípios brasileiros que receberão apoio do Ministério da Saúde para implantar produtos fitoterápicos na rede de saúde pública. Na semana passada, a Secretaria de Ciência, Tecnologia, Inovação e Insumos Estratégicos, que faz parte do Ministério da Saúde, divulgou a relação dos projetos selecionados de estruturação e consolidação de assistência farmacêutica em plantas medicinais e fitoterápicos.

Pelo projeto do Município, feito em parceria entre as secretarias do Meio Ambiente e da Saúde, o horto de plantas medicinais e o Laboratório de Fitoterapia Edgar Eipper, ambos localizados no Parque Municipal Raimundo Malta, produzirão fitoterápicos que vão ser distribuídos na atenção básica de saúde. Foram escolhidos cinco fitoterápicos: xarope de guaco (expectorante), tintura de espinheira-santa (para úlceras e gastrites), tintura de passiflora (calmante), pomada de erva-baleeira (anti-inflamatório e analgésico) e, com a forma farmacêutica ainda a ser definida, unha-de-gato (anti-inflamatório e analgésico).

O Município receberá R$ 447.727,15 para executar o projeto. Na etapa inicial, será reestruturado o horto de plantas medicinais e feito o plantio das espécies (algumas ainda não são cultivadas ou não têm em quantidade suficiente).

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Atualmente, chás, tinturas, xaropes, pomadas e sabonetes elaborados no Laboratório de Fitoterapia são retirados pela população no próprio local. “Com o projeto, vamos reformular e regularizar a fitoterapia em Balneário Camboriú. Passaremos a entregar de forma diferente os fitoterápicos produzidos pelo Município. Os medicamentos naturais serão entregues com prescrição dos médicos que trabalham na nossa rede”, diz a secretária da Saúde, Andressa Hadad. A distribuição de fitoterápicos será testada, inicialmente, na Unidade de Saúde do Bairro dos Municípios, que possui uma Farmácia Descentralizada.

De acordo com a farmacêutica do Laboratório de Fitoterapia, Elaine Nunes Correia, o projeto reforçará o controle de qualidade desde o cultivo das plantas e até a finalização do medicamento. Estão previstas capacitações dos profissionais envolvidos das duas secretarias e parcerias para as análises dos materiais elaborados. Ainda será definido como ficará a entrega dos demais produtos naturais no Parque Raimundo Malta. “É preciso ter cuidado com os medicamentos naturais. Uma planta medicinal pode interferir na ação de um outro medicamento que o paciente utiliza. Não é por ser natural que não faz mal. Colocando o produto na atenção básica, vamos dar o devido valor que ele tem”, explica Elaine.

PUBLICIDADE

BC teve final de semana com praia cheia, mas permanência em praias continua proibida em SC

A dúvida sobre a liberação foi levantada por moradores e turistas que presenciaram a praia cheia

Hóspede comete suicídio em banheiro de hotel de Balneário Camboriú

Esse seria o 9° suicídio ocorrido em Balneário Camboriú em 2020
PUBLICIDADE

NOTÍCIAS DE

Balneário Camboriú

SOCIAL PROOF

213,944FansLike
36,955FollowersFollow
185SubscribersSubscribe

COMENTE

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

PUBLICIDADE
Enviar mensagem
Envie sua notícia
Envie sua NOTÍCIA ou sua DENÚNCIA para a nossa equipe de jornalismo!