Nós Balneário Camboriú

18.9 C
Balneário Camboriú

Motorista de aplicativo se nega a transportar atleta cadeirante

Pessoa com Deficiência passou por constrangimento ao solicitar uma corrida através de aplicativo neste domingo, 15

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

good news

Siga-nos no Google News

A atleta Susana Cristina da Silva, recém convocada para representar a Seleção Brasileira no Parapanamericano de Handebol em Cadeira de Roda, passou por um constrangimento ao solicitar uma corrida através de aplicativo neste domingo, 15, em Balneário Camboriú.

Segundo Gévelyn Almeida, presidente do Conselho Municipal de Direitos da Pessoa com Deficiência de Balneário Camboriú, o motorista de aplicativo se negou a transportar a atleta cadeirante. Ela chegou a embarcar no carro depois de ter desmontado a cadeira de rodas, mas o motorista solicitou que ela se retirasse do carro alegando que a cadeira arranharia seu veículo.

“Minha atleta se sentiu totalmente constrangida tendo que montar sua cadeira de rodas saindo do veículo. Chegou no treino na Escola Higino João Pio aos prantos, bem abalada e eu não sabia o que tinha acontecido”, relatou Gévelyn. “Estou revoltada pessoal porque seja pessoa com deficiência ou qualquer pessoa não podemos passar por esse tipo de situação”, pontuou.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Gévelyn disse que o Conselho tomará as atitudes cabíveis e judiciais.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

NOTÍCIAS DE

Balneário Camboriú

SIGA NAS REDES

228,867CurtidasCurtir
58,600SeguidoresSiga
8,953SeguidoresSiga
269InscritosInscreva-se

COMENTE

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

PUBLICIDADE
Enviar mensagem
Envie sua notícia
Envie sua NOTÍCIA ou sua DENÚNCIA para a nossa equipe de jornalismo!