Nós Balneário Camboriú

18.9 C
Balneário Camboriú

Multa de mais de 5 mil reais será aplicada em quem promover festa em Balneário Camboriú

Um decreto estipula multa, embargo, interdição e cassação de alvará para quem promover eventos em casas de locação, casas de festa, ou demais imóveis particulares

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

good news

Siga-nos no Google News

O prefeito Fabrício Oliveira assinou decreto nesta terça-feira (30) estipulando multa, embargo, interdição e cassação de alvará para quem promover eventos em casas de locação, casas de festa, ou demais imóveis particulares por pessoa física ou jurídica. A multa será de 16 Unidades Fiscais do Município (UFM), que está estabelecida em R$ 314,08, o que leva a multa para quem promover evento a R$ 5.025,28. Caso haja reincidência a multa dobra.

LEIA TAMBÉM:
Balneário Camboriú registra 3 mortes por coronavírus em 24h

“É um absurdo que em plena epidemia de Coronavírus algumas pessoas insistam em promover aglomerações. A fiscalização tem apurado e encerrado muitas dessas festas que são promovidas por gente de fora de Balneário Camboriú, que alugam casas e promovem eventos. Agora, além da fiscalização encerrar essas festas, o proprietário do imóvel ou o promotor do evento serão multados. Embargo, interdição e cassação de alvará de empresa, se for o caso, também pode ser aplicado pela fiscalização”, explica o prefeito Fabrício Oliveira.

Os valores advindos das multas serão revertidos ao Fundo Municipal de Saúde, para as ações de enfrentamento ao novo coronavírus.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Decreto será publicado ainda hoje. 

Receba notícias de Balneário Camboriú e região pelo Telegram do Camboriú News

PUBLICIDADE

COMENTE

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

* Os comentários publicados são de absoluta responsabilidade de seus autores, e não devem ser entendidos como posicionamento do Camboriú News e seus editores.

camboriú shop

Enviar mensagem
Envie sua notícia
Envie sua NOTÍCIA ou sua DENÚNCIA para a nossa equipe de jornalismo!