Nós Balneário Camboriú

18.9 C
Balneário Camboriú

‘Podiam ter agido de outra forma’, diz mãe de paciente que fugiu do Ruth Cardoso com mochila de remédios usados em tentativa de suicídio

O paciente está entubado e não acorda do coma induzido

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Siga-nos no Google News

No dia 17 de janeiro um morador de Balneário Camboriú tentou suicídio duas vezes em 13h, nas praias da cidade. A segunda tentativa aconteceu após o paciente ter fugido do Hospital Municipal Ruth Cardoso com a mochila munida de remédios e veneno. A família questiona o porquê que não entregaram a mochila para os pais e por que não deram algo para ele dormir até que se acalmasse. “Estamos desesperados pois o estado dele é grave, ele está na UTI entubado. Ninguém tem culpa, mas poderiam ter agido de outra forma”. relata a mãe.

Tudo começou por volta das 19h30 no costão da Praia do Pinho. O homem de 34 anos, o homem tentou suicídio ao ingerir remédios e veneno, mas foi contido pelos guarda-vidas. A vítima foi socorrida e conduzida, junto com sua mochila, pelo SAMU ao Hospital Ruth Cardoso .

Segundo a mãe do homem, a família foi avisada do ocorrido, eles foram até o hospital, porém não os deixaram entrar.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

A comunicação da prefeitura informou que o homem foi atendido na segunda-feira, 17, à noite pelo programa Abraço à Vida com apoio da Guarda Municipal. Porém se negaram a responder dúvidas sobre o caso.

Por volta da meia noite da terça-feira, 18, o homem conseguiu pegar a mochila com os medicamentos e veneno, e fugir do hospital. Por volta da 1h30, o ele gravou um vídeo tomando e injetando um preparo que ele fez com os medicamentos e veneno da mochila. Com base no vídeo divulgado nas redes sociais do rapaz, os bombeiros iniciaram buscas por todo deck do Pontal Norte até a Praia do Buraco durante a madrugada, mas infelizmente não o encontraram. Ele foi localizado por volta das 8h30 da terça-feira, 18. Segundo os relatos e estava quase morto no costão embaixo do Morro do Careca. Os procedimentos para mantê-lo vivo foram realizados e o rapaz foi levado pela aeronave Águia 07 da Polícia Militar para o Hospital Marieta em Itajaí.

Quando deu entrada no Marieta, o homem foi entubado e induzido ao coma. Até o dia 31 de janeiro, a informação da família é de que o homem foi tirado do coma induzido porém não acorda. Ele segue na UTI em estado grave.

A mãe do homem faz alguns desabafos sobre o caso. “O Abraço à Vida à vida auxiliou muitas vezes. Mas tem falhas sim, e isso tem que mudar. Tenho muitas coisas para questionar a eles… Na noite de segunda-feira o encontraram no Pinho com tudo o que havia preparado para tomar. Até aquele momento ele havia tomado pouca coisa pois no hospital ele conversava ainda e conseguiu fugir. Pois bem, por que o Abraço ou até mesmo o Hospital Municipal Ruth Cardoso não pegaram tudo que ele tinha na mochila e entregaram p os pais? Pois estávamos lá, só que não nos deixaram entrar”.

A mãe ainda desmente uma informação que segundo ela estaria circulando. “E tem mais, alguém do Abraço falou que nós, os pais, não queríamos interna-lo. MENTIRA. O que falei é que eu não queria q o levassem para o IPQ. Pois lá é horrível, mas queríamos até que o médico lhe desse alguma coisa p ele dormir e assim acalmar-se”.

No dia 21 de janeiro, o Camboriú News questionou a prefeitura sobre o motivo do Programa Abraço à Vida não ter tirado a mochila do paciente no Ruth Cardoso, e recebemos a seguinte resposta. “Vou verificar com a Saúde. O Abraço faz acompanhamento psicológico, contenção do paciente é força de segurança”. Nunca recebemos retorno.

Também questionamos o motivo do paciente não ter sido medicado no Ruth: “Vou verificar o laudo médico e como disse anteriormente não posso divulgar sem autorização da família”., disse o assessor. Nunca recebemos retorno.

PROCURE AJUDA

Se você precisar de apoio emocional, o município de Balneário Camboriú possui um programa de apoio à vida. O ABRAÇO À VIDA funciona 24h pelo telefone (47) 99982-2322, para ligações e WhatsApp. Você também pode ligar para o número 188 gratuitamente, que será atendido por um voluntário do Centro de Valorização da Vida (CVV), com respeito e anonimato, que guardará estrito sigilo sobre tudo que for dito.

Receba notícias de Balneário Camboriú e região pelo Telegram do Camboriú News

good news
especial publicitário

PUBLICIDADE

COMENTE

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

* Os comentários publicados são de absoluta responsabilidade de seus autores, e não devem ser entendidos como posicionamento do Camboriú News e seus editores.

camboriú shop