18.9 C
Balneário Camboriú

Nós Balneário Camboriú

ONG IDEIA volta a se posicionar contra a construção do BCPort

"Quando as pessoas perceberem os riscos, os danos, o caos de tráfego e trânsito, será tarde", diz a Ong

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

good newshot

Hospital da Unimed Litoral conquistou a QMentum, sua primeira certificação internacional

A metodologia orienta e monitora padrões de alta performance em qualidade e segurança na área de saúde, utilizando critérios globais de validação

UniAvan oferece grátis fisioterapia para pacientes de redesignação sexual

Projeto Fisiotrans é pioneiro no país e busca atender transexuais no pré e pós-operatório
Siga-nos no Google News

A ONG Ideia, que teve na última semana liminar contra a construção do BC Port negada pela justiça federal em Itajaí, divulgou a seguinte nota à imprensa:

“A cidade de Balneário, quem aqui mora, trabalha e investe, quem tem negócios distribuídos ao longo de toda a cidade precisa se posicionar se querem transformar a Barra Sul numa região portuária.

Os impactos desse empreendimento são gigantescos, a começar pelo deslocamento de todo o comércio da cidade para uma região que não detém nenhuma infraestrutura capaz de suportar o agigantamento do fluxo de pessoas, carros, caminhões, conteiners, etc.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Para ter uma ideia, o projeto prevê um centro comercial com shopping center, hotéis, 35 restaurantes… será que a CDL ou os sindicatos de lojistas e restaurantes, será que os empresários que hoje mantém seus negócios distribuídos pela cidade já perceberam que isso mudará por completo a distribuição desses serviços e isso tudo se concentrará na Barra Sul?
Sem falar no impacto ambiental que será gerado no estuário do Rio Camboriú. Estamos agora mesmo presenciando o desastre ambiental causado por um navio que despejou óleo no mar territorial do Nordeste. Vejam a crise ambiental que se instalou com esse episódio. Agora imaginem nossa Barra Sul servindo de local para a instalação de um porto de navios.

No mundo todo já não se autorizam a instalação de portos em foz de rios. Isso é coisa do passado. Para quê assumir esse risco gigantesco?

A cidade já está sendo servida por um modelo mais sustentável, com riscos ambientais mitigados, sem os impactos de trânsito e transporte que um porto causa.

As cidades portuárias suportam danos de toda a ordem. Por quê transformar a cidade de Balneário Camboriú numa cidade portuária?

Quando as pessoas perceberem os riscos, os danos, o caos de tráfego e trânsito, será tarde. A mudança da característica da cidade de um ambiente de turismo para uma cidade portuária causará queda no preço dos imóveis.

O IDEIA tem um estudo realizado por uma equipe de profissionais da área ambiental demonstrando a completa inviabilidade deste tipo de empreendimento na cidade.
Renomados profissionais de Universidades, participaram da análise do EIA/RIMA do projeto, e demonstraram que o projeto tem restrições que impossibilitam sua implantação.

Por isso, o instituto tem posicionamento contrário e está promovendo a ação judicial para chamar a atenção das autoridades.

Estamos vigilantes em face a todos os temas de interesse da cidade e do meio ambiente. Neste caso já estamos há mais de dois anos atuando, chamando a atenção da Antaq, do Ministério Público Estadual e Federal, da União e de todos os órgãos públicos cuja missão seja de defesa dos interesses públicos em jogo.

Inquéritos foram instaurados nos ministérios públicos estadual e federal, Polícia Federal e Tribunal de Contas do Estado, por uso de documentos não compatíveis, por informações inverídicas, falsidades que precisam ser investigadas e punidas.

Queremos que a cidade de Balneário Camboriú desperte, que os cidadãos analisem e percebam que esta história de construir um Porto na Barra Sul é abominável sob todos os aspectos. Quem ganha com isso?

Todos conhecemos os problemas de trânsito que temos, agora imaginem a Barra Sul transformada numa região portuária, sem infraestrutura de estacionamentos, sem retroárea adequada para o suporte de atividade portuária, imaginem o tráfego de caminhões e containers nas nossas ruas, na nossa avenida Atlântica?

Imaginem o trânsito de containers pelo rio Camboriú.

A cidade está vocacionada para o turismo sustentável, ao longo do Rio Camboriú temos mais de 2.000 barcos e equipamentos aquáticos, pessoas que investiram pensando se tratar de um local paradisíaco, não de uma região portuária. Quando a cidade despertar seguramente não aceitará esse empreendimento.

ONG IDEIA

PUBLICIDADE

Candidatos ‘derrapam’ em suas campanhas online em Balneário Camboriú

Enquetes, disparo de mensagens em massa e desconstrução de candidatura são algumas das coisas que a lei proíbe

Adolescente de 15 anos é assassinado no Conde Vila Verde

Vítima foi alvejada no rosto e não resistiu aos ferimentos
PUBLICIDADE

NOTÍCIAS DE

Balneário Camboriú

SOCIAL PROOF

215,753CurtidasCurtir
36,955SeguidoresSiga
185InscritosInscreva-se

2 COMENTÁRIOS

  1. Por que um rio podre desse essa ong não atua ou no Marambaia?
    Esgotos mal feitos em todassssssss as casas da região com fossas sem fim que não funcionam ??
    Navio é um bebê perto de tanta porquindade!
    Esse povo do navio são turistas visitando uma cidade turística e claro podem usar comércios locais tanto no cais como na cidade assim como nos outros locais que param!
    Ong preocupada com o comércio?
    Comércio vai faturar e o navio vai ter que passar por limpeza no casco pra tirar a M vinda do rio e do esgoto da santur .

COMENTE

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

PUBLICIDADE
Enviar mensagem
Envie sua notícia
Envie sua NOTÍCIA ou sua DENÚNCIA para a nossa equipe de jornalismo!