18.9 C
Balneário Camboriú

Nós Balneário Camboriú

Paraguaio procurado pela Interpol é preso em mansão em Balneário Camboriú

O homem seria ligado a um cartel de drogas no Paraguai e estava foragido há nove anos da Justiça do Paraguai

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

good newshot

Hospital da Unimed Litoral conquistou a QMentum, sua primeira certificação internacional

A metodologia orienta e monitora padrões de alta performance em qualidade e segurança na área de saúde, utilizando critérios globais de validação

UniAvan oferece grátis fisioterapia para pacientes de redesignação sexual

Projeto Fisiotrans é pioneiro no país e busca atender transexuais no pré e pós-operatório
Siga-nos no Google News

Na manhã desta quarta-feira (23), uma operação conjunta entre a Polícia Civil de Santa Catarina e a Polícia Federal capturou em Balneário Camboriú (SC) um foragido da Justiça do Paraguai que estava escondido em Santa Catarina. Ele foi preso pela manhã em uma casa na Rua 2350, região central do município de Balneário Camboriú.

+ Envenenamento de cão comunitário será cobrado na justiça

O nome do foragido constava na difusão vermelha da lista de procurados pela Interpol. O homem, que tem nacionalidade paraguaia, teria participação ativa nas operações de tráfico de drogas, bem como na aquisição de bens móveis e imóveis como também haveria criado empresa para dissimular dinheiro do tráfico de drogas no Paraguai.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

O homem seria ligado a um cartel de drogas no Paraguai e estava foragido há nove anos da Justiça do Paraguai por tráfico internacional de drogas, associação para o tráfico e lavagem de dinheiro.

Após o monitoramento do foragido em Balneário Camboriú, houve um trâmite pelas Polícias Civil e Federal junto às autoridades da Justiça brasileira de solicitação de mandado judicial expedido pelo Brasil para fins da captura e busca e apreensão no local, o que foi deferido.

A prisão é fruto da integração entre as polícias e os diversos órgãos envolvidos. Houve apoio também do Centro Integrado de Operações de Fronteira da Secretaria de Operações Integradas do Ministério da Justiça e Segurança Pública (CIOF/SEOPI/MJSP); do Departamento de Recuperação de Ativos e Cooperação Jurídica Internacional – DRCI/MJSP; do CCPI – Centro de Cooperação Policial Internacional da Polícia Federal do Rio de Janeiro; do Departamento Contra el Crimen Organizado de la Policía Nacional de Assunção, no Paraguai e do Instituto Geral de Perícias (IGP) de Santa Catarina.Comente Abaixo

PUBLICIDADE

eleições 2020

Candidatos travam guerra de processos na justiça eleitoral

Propaganda eleitoral antecipada, negativa e irregular são as representações mais comuns

Propaganda eleitoral antecipada: editores de página são condenados

Cada um dos três administradores terá que pagar multa no valor de R$5 mil
PUBLICIDADE

NOTÍCIAS DE

Balneário Camboriú

SOCIAL PROOF

215,753CurtidasCurtir
49,000SeguidoresSiga
4,600SeguidoresSiga
236InscritosInscreva-se

COMENTE

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

PUBLICIDADE
Enviar mensagem
Envie sua notícia
Envie sua NOTÍCIA ou sua DENÚNCIA para a nossa equipe de jornalismo!