18.9 C
Balneário Camboriú

Nós Balneário Camboriú

Polícia Civil conclui inquérito que apurava assassinato no ‘Beco do Brooklyn’

Grupo matou homem com requintes de crueldade, através de socos, pauladas na cabeça e 20 facadas

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

good newshot

Unimed Litoral está entre as melhores empresas para trabalhar no Brasil

Premiação foi concedida pelo Universo Online e Fundação Instituto de Administração (FIA) com base na opinião dos colaboradores de centenas de empresas avaliadas

UniAvan recebe reconhecimento nacional de Responsabilidade Social

Selo foi concedido pela Associação Brasileira de Mantenedoras do Ensino Superior (ABMES) e levou em conta ações anuais e desenvolvidas durante a pandemia
Siga-nos no Google News

A Polícia Civil do Estado de Santa Catarina, por meio da Divisão de Investigação Criminal (DIC) de Balneário Camboriú, remeteu ao Poder Judiciário, nesta quarta-feira (02), o inquérito policial que investigava a morte de Marcos Soel da Silva, fato ocorrido no dia 13/05/2018, por volta de 05h, na Rua 1100, mais precisamente no local conhecido como “Beco do Brooklin”, entre as Avenidas Atlântica e Brasil, no Centro de Balneário Camboriú.

+ Mãe que matou filha com facada no peito vai a julgamento em BC

De acordo com a investigação, a vítima, após se manifestar no sentido de pertencer a uma facção criminosa paulista, foi conduzida por um grupo de jovens, integrantes de uma facção criminosa catarinense, até o “Beco do Brooklin”, local em que foi morto com requintes de crueldade, através de socos, pauladas na cabeça e 20 facadas espalhadas pelo corpo.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Após exaustiva investigação, levando em consideração que cerca de 10 jovens entraram no “Beco do Brooklin”, chegou-se aos autores do delito. Ao final do procedimento inquisitorial, dois imputáveis foram indiciados pelos crimes de homicídio qualificado, corrupção de menores e organização criminosa, ao passo que a três adolescentes foi imputada a autoria dos atos infracionais análogos aos crimes de homicídio qualificado e organização criminosa.

Dois envolvidos no crime estão, atualmente, presos no presídio da Canhanduba.

PUBLICIDADE

Covid: Balneário Camboriú registra quatro óbitos nas últimas 24h

Com isso, sobe para 119 o número de óbitos na cidade

Três sinaleiras seguem sem energia em Balneário Camboriú

Os agentes estão nos locais organizando a mobilidade do trânsito
PUBLICIDADE

NOTÍCIAS DE

Balneário Camboriú

SOCIAL PROOF

221,617CurtidasCurtir
49,700SeguidoresSiga
4,700SeguidoresSiga
236InscritosInscreva-se

COMENTE

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

PUBLICIDADE
Enviar mensagem
Envie sua notícia
Envie sua NOTÍCIA ou sua DENÚNCIA para a nossa equipe de jornalismo!