18.9 C
Balneário Camboriú

Nós Balneário Camboriú

Policiais que agrediram marinheiro em BC são denunciados pelo MP

A denúncia é pelos supostos crimes de lesão corporal e falso testemunho, previstos no Código Penal Militar, e violência arbitrária, previsto no Código Penal

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

good newshot

UniAvan recebe reconhecimento nacional de Responsabilidade Social

Selo foi concedido pela Associação Brasileira de Mantenedoras do Ensino Superior (ABMES) e levou em conta ações anuais e desenvolvidas durante a pandemia

Seletivo Especial da UniSociesc acontece no dia 28 de novembro

Os candidatos devem se inscrever através do site unisociesc.com.br/vestibular e os mais bem colocados garantem bolsas de até 100%
Siga-nos no Google News

O Ministério Público de Santa Catarina (MPSC) apresentou denúncia contra dois policiais militares por possíveis crimes relacionados com a possível agressão de um cidadão em Balneário Camboriú. A denúncia é pelos supostos crimes de lesão corporal e falso testemunho, previstos no Código Penal Militar, e violência arbitrária, previsto no Código Penal.

RELEMBRE O CASO:
Trabalhador é agredido por policiais militares durante abordagem em BC

A denúncia foi apresentada pelo Promotor de Justiça Raul Rogério Rabello, titular da 5ª Promotoria de Justiça da Comarca da Capital, com atuação perante a Justiça Militar. Na ação, o Promotor de Justiça relata os fatos acontecidos no dia 3 de julho deste ano e que ganharam ampla repercussão na mídia, a qual divulgou vídeo da ocorrência gravado por câmera de segurança.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Segundo apurado, na data dos fatos, a guarnição composta pelos dois PMs estava em rondas quando resolveu abordar o veículo da vítima, que se deslocava para trabalhar em uma marina local. Os policiais teriam descido da viatura apontando armas de fogo e agredido a vítima, sem que esta esboçasse qualquer resistência.

O Promotor de Justiça sustenta, ainda, que os policiais teriam feito afirmação falsa ao lavrarem o termo circunstanciado, tentando justificar sua conduta com o uso progressivo da força para obterem êxito na abordagem, para simular que existiu resistência e desobediência por parte da vítima, contrariando, pois, o conteúdo dos vídeos amplamente divulgados.

A denúncia ainda não foi recebida pelo Poder Judiciário. Somente após o recebimento os denunciados passam a figurar como réus na ação penal, na qual terão amplo direito à defesa e ao contraditório.

PUBLICIDADE

Camboriú registra 47 novos casos de coronavírus nesta quarta-feira

No momento 355 pacientes encontram-se em tratamento, destes 335 estão em isolamento domiciliar

Quarta-feira com 171 novos casos de covid em Balneário Camboriú

Permanecem em tratamento 1.333 pacientes, sendo 1.298 tratamentos em domicílio e 35 internados
PUBLICIDADE

NOTÍCIAS DE

Balneário Camboriú

SOCIAL PROOF

220,203CurtidasCurtir
49,700SeguidoresSiga
4,700SeguidoresSiga
236InscritosInscreva-se

1 COMENTÁRIO

COMENTE

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

PUBLICIDADE
Enviar mensagem
Envie sua notícia
Envie sua NOTÍCIA ou sua DENÚNCIA para a nossa equipe de jornalismo!