Nós Balneário Camboriú

18.9 C
Balneário Camboriú

“Produtor de Água” realiza evento em comemoração aos 10 anos do projeto

Serão 2 dias de atividades, com palestras, painéis e também serão apresentados projetos de outros locais do Brasil para compartilhar experiências

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

good news

Siga-nos no Google News

Inspirada pelo Programa Produtor de Água da Agência Nacional de Águas (ANA) e por experiências internacionais, a Empresa Municipal de Água e Saneamento de Balneário Camboriú (EMASA) criou o Projeto Produtor de Água do Rio Camboriú. A iniciativa, concretizada em 26 de novembro de 2009, pela Lei Municipal nº 3.026, procura garantir a conservação dos recursos hídricos na bacia do Rio Camboriú, estimulando proprietários rurais a adotarem práticas conservacionistas em suas propriedades por meio de incentivo financeiro.

Neste mês de novembro, o Produtor de Água completa 10 anos e para celebrar a importância do projeto, que é fonte de inspiração em nível estadual e nacional, a EMASA e o Grupo Gestor promovem um evento nos dias 21 e 22, no auditório do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Catarinense – Campus Camboriú, apresentando a história, avanços e desafios.

Serão dois dias de atividades, com palestras, painéis e troca de informações. Além disso, serão apresentados projetos de outros locais do Brasil para compartilhar experiências. A programação inicia na quinta-feira (21), às 13h15 até 19h e na sexta (22), das 9h às 12h, com saída de campo no período da tarde em propriedades parceiras. Segundo a engenheira Ambiental, Rafaela Santos, responsável pelo projeto, além de ser um momento de integração, troca de ideias e divulgação do Produtor, “queremos com o evento dar o devido reconhecimento aos produtores rurais parceiros dessa iniciativa”.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

A programação completa será divulgada em breve, mas as inscrições para participar do evento já estão abertas, no link: https://bit.ly/33fIxct.

Atualmente, o Produtor de Água do Rio Camboriú conta com 26 produtores rurais que adotam em suas propriedades, práticas de recuperação das áreas degradadas, a conservação dos remanescentes florestais nativos, o manejo adequado do solo e a conservação de estradas rurais. Desde o início do projeto, para recuperar as áreas desmatadas já foram plantadas mais de 7 mil mudas de árvores nativas nas localidades. Além dos 59 hectares de área restaurada, o projeto ainda conta com 1130 ha de área conservada.

Receba notícias de Balneário Camboriú e região pelo Telegram do Camboriú News

PUBLICIDADE

COMENTE

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

* Os comentários publicados são de absoluta responsabilidade de seus autores, e não devem ser entendidos como posicionamento do Camboriú News e seus editores.

camboriú shop

Enviar mensagem
Envie sua notícia
Envie sua NOTÍCIA ou sua DENÚNCIA para a nossa equipe de jornalismo!