Nós Balneário Camboriú

18.9 C
Balneário Camboriú

Produtor de Água: propriedade no Caetés é vistoriada

Dos 11,35 hectares totais, 7,42ha estão inseridos, com características de conservação e restauração de florestas e mananciais

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

good news

Siga-nos no Google News

Mais uma, das 26 propriedades participantes do Produtor de Água do Rio Camboriú, foi vistoriada nesta quarta-feira (11), pela equipe do projeto – que atua na recuperação das áreas de preservação permanentes às margens do rio.

Localizada no Caetés, a propriedade de Alceu Daud de Mello participa do programa desde 2018. Dos 11,35 hectares totais, 7,42ha estão inseridos, com características de conservação e restauração de florestas e mananciais.

Para a liberação do auxílio financeiro aos produtores rurais, a área precisa manter-se de acordo com os requisitos do programa. Segundo a engenheira ambiental, Rafaela Santos, essa vistoria foi positiva. “Observamos uma parte da gleba de conservação e uma parte da gleba de restauração e o proprietário têm zelado pelas áreas”.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Sobre o Produtor de Água

O Produtor de Água do Rio Camboriú prevê ações de conservação da vegetação nativa e restauração de áreas degradadas, por meio de auxílios financeiros aos proprietários que integram o programa. As vistorias em cada propriedade participante, ocorrem a cada seis meses para liberar o Pagamento por Serviços Ambientais (PSA), calculado pela área inserida. Até o momento, a iniciativa conta com 26 propriedades parceiras e possui 1.129 hectares de área conservada, além de 59 hectares em processo de restauração.

Receba notícias de Balneário Camboriú e região pelo Telegram do Camboriú News

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

COMENTE

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

O conteúdo dos comentários publicados é de absoluta responsabilidade de seus autores, jamais representando a posição oficial dos editores do Camboriú News, nem do próprio.

PUBLICIDADE
Enviar mensagem
Envie sua notícia
Envie sua NOTÍCIA ou sua DENÚNCIA para a nossa equipe de jornalismo!