Nós Balneário Camboriú

18.9 C
Balneário Camboriú

Vídeo inspeção verifica a limpeza da rede de água de BC

A vídeo inspeção verificou a eficiência no uso de um produto que começou a ser usado há cerca de um ano, para auxiliar na limpeza das paredes da tubulação

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Siga-nos no Google News

A Empresa Municipal de Água e Saneamento (EMASA) realizou nesta terça-feira (24), uma vídeo inspeção para verificar a eficiência no uso do ortopolifosfato, produto que começou a ser usado há cerca de um ano, para auxiliar na limpeza das paredes da tubulação. O procedimento é feito por amostragem em pontos mais próximos e mais distantes da Estação de Tratamento de Água (ETA), sendo na rede de água das ruas: Antônio Raposo Tavares, Hermógenes de Assis Feijó, e Agrolândia.

De acordo com a analista química, Joana Godinho, que acompanha a ação, esse componente é usado com objetivo de evitar a oxidação do ferro e do manganês e assim, ter efeito de limpeza das redes e reduzir o desenvolvimento de cor na água servida aos munícipes. “Pelo que olhamos hoje, somente na avaliação interna da tubulação não tiveram novos depósitos e já existem pontos de menor aderência. Mas, são necessárias três verificações no intervalo de um ano, para analisar se a aplicação está atingindo o objetivo”, completou. O resultado será analisado no laboratório da Emasa e sairá nos próximos dias.

Alguns municípios como Itajaí, Jaraguá do Sul e São Bento do Sul utilizam o ortopolifosfato há muito tempo com resultados satisfatórios. “Muitas cidades utilizam o produto para estabilizar essa camada de sujeira que não tem como ser removida. Nas duas vistorias já realizadas, verificou-se que algumas tubulações já apresentaram melhorias se comparadas há anos anteriores”, completou o diretor-geral da Emasa, Douglas Costa Beber.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Receba notícias de Balneário Camboriú e região pelo Telegram do Camboriú News

good news
especial publicitário

PUBLICIDADE

COMENTE

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

* Os comentários publicados são de absoluta responsabilidade de seus autores, e não devem ser entendidos como posicionamento do Camboriú News e seus editores.

camboriú shop