Nós Balneário Camboriú

18.9 C
Balneário Camboriú

Visita em propriedades encerra programação de 10 Anos do Produtor de Água

O evento que contou com painéis, palestras, trocas de informação, uma homenagem aos “Guardiões da Água” e adesão de novos parceiros

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

good news

Siga-nos no Google News

Foi entre o canto dos pássaros e o barulho da água correndo por entre as pedras do rio, que a programação alusiva aos 10 anos do Produtor de Água do Rio Camboriú foi encerrada, com a visita em propriedades participantes do projeto. O evento que contou com painéis, palestras, trocas de informação, uma homenagem aos “Guardiões da Água” e adesão de novos parceiros, ocorreu na última quinta e sexta-feira (21 e 22).

A saída de campo na tarde sexta-feira (22), foi marcada por belezas naturais do interior de Camboriú. A primeira parada foi na localidade da Encantada, na propriedade de Janir de Oliveira, inserida no projeto desde junho de 2014 com 97,05 hectares de área de conservação e 30,75 ha de restauração. No local, a engenheira ambiental responsável pelo Produtor, Rafaela Santos, explicou sobre as características e as intervenções realizadas para a recuperação da mata e métodos de conservação aplicados naquela propriedade.

O destino seguinte foi na Limeira, no Espaço Rural Clarear, propriedade de Waldyr Bauer e Tereza Gervásio Bauer, um dos primeiros participantes do projeto, desde a criação em 2013. Os visitantes foram recepcionados com a história familiar do local, as práticas sustentáveis adotadas e o funcionamento da propriedade. Além disso, Seu Waldyr guiou os presentes em um tour pelos 38 hectares de área conservada e 10.5 hectares de mata ciliar inseridos no Produtor. Uma paisagem composta das mais diversas espécies de passarinhos, atraídos pelas árvores frutíferas que margeiam o Rio Gavião, um dos rios que formam a Bacia Hidrográfica do Rio Camboriú e contorna a propriedade.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Segundo o casal, o Projeto Produtor de Água, antes mesmo de existir, já era um sonho. “Tem gente que nos chama de românticos, iludidos por termos essa vontade de preservar o local, ao invés de usar a área para ganhar dinheiro. Mas alguém precisa ter essas iniciativas e fazer a sua parte e a dos demais. Dessa maneira, ajudamos todo ecossistema e as cidades que são abastecidas com a água do Rio Camboriú.”, relata Dona Tereza, herdeira e proprietária há 36 anos do Espaço Rural Clarear. Para Rafaela, a experiência foi essencial para que os visitantes pudessem vivenciar na prática tudo o que foi exposto no evento e conhecer a realidade da Bacia Hidrográfica do Rio Camboriú.

Ainda dentro dos painéis e palestras, na manhã de sexta-feira (22), foram debatidos os temas: “União de esforços para segurança hídrica”, com participação da TNC, EPAGRI, FUCAM e do Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio Camboriú; e os assuntos: “Sustentabilidade financeira”, com participação da ARESC e “Resultados do Projeto”, mediado pela TNC.

Receba notícias de Balneário Camboriú e região pelo Telegram do Camboriú News

PUBLICIDADE

COMENTE

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

* Os comentários publicados são de absoluta responsabilidade de seus autores, e não devem ser entendidos como posicionamento do Camboriú News e seus editores.

camboriú shop

Enviar mensagem
Envie sua notícia
Envie sua NOTÍCIA ou sua DENÚNCIA para a nossa equipe de jornalismo!