Nós Balneário Camboriú

18.9 C
Balneário Camboriú

BC apresenta menor número de pessoas em vulnerabilidade desde novembro

De janeiro a maio de 2021, a Abordagem Social e a Casa de Passagem do Migrante já atenderam mais de 1,6 mil pessoas em vulnerabilidade

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

good news

Siga-nos no Google News

A Abordagem Social, da Secretaria de Desenvolvimento e Inclusão Social, estima que há de 120 a 145 pessoas em situação de rua em Balneário Camboriú, menor estimativa desde novembro de 2020.

A Prefeitura Municipal, por meio da Abordagem Social, busca diminuir o número de pessoas em vulnerabilidade, respeitando os direitos humanos de cada um. Para isso, tem feito ações em comércios e condomínios com a distribuição de materiais informativos da campanha “Não dê esmolas, dê oportunidades”, que visa acolher e ressocializar estas pessoas.

De janeiro a maio de 2021, a Abordagem Social e a Casa de Passagem do Migrante já atenderam mais de 1,6 mil pessoas em vulnerabilidade, dessas, 838 nunca haviam recebido atendimento.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Dos atendidos neste ano, 510 receberam passagem para cidades com apoio de familiares ou terceiros e 198 foram internadas voluntariamente no Centro de Tratamento de Dependência Química.

Os moradores de rua podem solicitar abrigo na Casa de Passagem, localizada na BR-101, km 130 – Bairro Várzea do Ranchinho, ou na Secretaria de Inclusão Social, na Rua 2850, nº 303. Para entrar em contato com o plantão do Resgate Social o número é (47) 98839-7075 ou pela central no 156.

Receba notícias de Balneário Camboriú e região pelo Telegram do Camboriú News

PUBLICIDADE

COMENTE

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

* Os comentários publicados são de absoluta responsabilidade de seus autores, e não devem ser entendidos como posicionamento do Camboriú News e seus editores.

camboriú shop

Enviar mensagem
Envie sua notícia
Envie sua NOTÍCIA ou sua DENÚNCIA para a nossa equipe de jornalismo!