Nós Balneário Camboriú

18.9 C
Balneário Camboriú

Imóvel em construção é demolido no loteamento Vila Fortaleza

Operação conjunta entre a prefeitura e a PM atendeu a uma determinação judicial que proíbe novas construções ou reformas nos imóveis já existentes no local

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Siga-nos no Google News

Uma casa de alvenaria em construção foi removida na manhã desta quinta-feira (29), no loteamento Vila Fortaleza, no Bairro São Judas, área de ocupação irregular. A operação ocorreu atendendo uma determinação judicial que diz que não podem ser executadas novas construções ou reformas nos imóveis já existentes no local.

A ação coordenada pela Secretaria de Segurança, contou com o apoio da Guarda Municipal, Polícia Militar e secretarias de Planejamento, Obras e Meio Ambiente. 

“Foi feita uma conversa com os moradores explicando que não poderiam ser feitas novas construções na área. Estamos cumprindo a determinação judicial, inclusive foi fixada uma placa na entrada informando sobre a ação judicial”, explicou o secretário de Segurança, David Queiroz.

Além da determinação judicial, o imóvel foi construído em uma Área de Preservação Ambiental, já que a construção estava ao lado de um curso de água. “Atrás do imóvel tem um curso de água, que culmina no Rio das Ostras e subsequentemente no Rio Camboriú e Praia Central. São diversas casas no local que não possuem fossa sanitária e jogam dejetos direto no curso de água”, comentou o diretor de fiscalização da Secretaria de Meio Ambiente, Edésio Pereira.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Nos últimos tempos foi constatado o aumento de invasões e construções irregulares, principalmente em áreas de proteção ambiental e áreas de risco, sem nenhuma estrutura ou ordenamento, tanto de saneamento, elétrica ou urbanístico.

Receba notícias de Balneário Camboriú e região pelo Telegram do Camboriú News

good news
especial publicitário

PUBLICIDADE

COMENTE

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

* Os comentários publicados são de absoluta responsabilidade de seus autores, e não devem ser entendidos como posicionamento do Camboriú News e seus editores.

camboriú shop