18.9 C
Balneário Camboriú

Nós Balneário Camboriú

Covid-19: Balneário Camboriú deixa grau ‘grave’ e passa para grau ‘alto’

A mudança na classificação de risco permite o retorno gradual de diversas atividades na cidade

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

good newshot

UniAvan oferece fisioterapia gratuita para pacientes de cirurgia de redesignação sexual

Projeto Fisiotrans é pioneiro no país e busca atender transexuais no pré e pós-operatório

Unimed promove ‘Dia Imperdível’ para contratar planos de saúde nesta sexta, 16

Unimed tem nesta sexta-feira o Dia Imperdível, uma oportunidade única para contratar plano de saúde
Siga-nos no Google News

Balneário Camboriú, que estava entre as cidades de risco potencial da epidemia de coronavírus em grau “grave” (laranja), passou para o grau “alto” (amarelo) nesta sexta-feira (02). A mudança na classificação de risco permite o retorno gradual de diversas atividades na cidade.

A Matriz de Risco Potencial atualizada nesta sexta-feira (02), pela Secretaria de Estado da Saúde, aponta que cinco regiões deixaram a classificação grave (laranja) e passaram para o risco Alto (amarelo) são elas: Serra catarinense, Oeste, Xanxerê, Médio Vale do Itajaí e Foz do Itajaí.

Entenda a classificação por cores:

  • Risco Gravíssimo: Vermelho
  • Risco Grave: Laranja
  • Risco Alto: Amarelo
  • Risco moderado: Azul

O que muda com a classificação amarela:

Eventos sociais: fica autorizada a realização de eventos sociais, respeitando a capacidade de ocupação de 40% do espaço. Consideram-se eventos sociais aqueles restritos a convidados sem cobrança de ingresso, compreendendo casamentos, aniversários, jantares, confraternizações, bodas, formaturas, batizados, festas infantis e afins.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Hotéis: O limites de ocupação nos meios de hospedagem nas regiões com risco alto (amarelo), está autorizada a ocupação de até 80% das vagas.

Cinemas e Teatros: O funcionamento dos estabelecimentos fica condicionado à ocupação máxima de 50% da capacidade de lotação.

Shoppings: O acesso simultâneo de pessoas nas dependências dos shoppings, centros
comerciais e galerias fica autorizado 100% de sua capacidade instalada.

Industrias: A capacidade de operação das atividades industriais fica autorizado 100% do número de trabalhadores das empresas.

Prova de roupas: No comércio de vestuário fica autorizada a prova de roupas respeitando as medidas sanitárias.

Academias: Nas Academias de Ginástica, Musculação,
Crossfit, Funcionais, Estúdios, Danças, Escolas de Natação, Hidroginástica, Hidroterapia,
Academias de Lutas e áreas afins, sobe o número de usuários a 70% da capacidade operativa do estabelecimento.

Congressos: A liberação para Congressos, Palestras, Seminários e afins, terá o limite da ocupação da capacidade de público de 50% do espaço do evento, em locais com
capacidade máxima de até 1000 pessoas, 40% em locais com capacidade máxima de 1500 pessoas e 30%, em locais com capacidade máxima acima de 1501 pessoas. Locais de eventos ao ar livre ou com predominância de ventilação natural abundante podem ter acréscimo de 10% no quantitativo de pessoas. O município sede do evento deve estar há 4 (quatro) semanas com os casos de COVID 19 numericamente estáveis ou em decréscimo entre seus munícipes. A ocupação de leitos COVID-19 na região de saúde não pode ultrapassar 50% de ocupação nas duas semanas que antecedem ao evento.

Feiras: Autorizada a realização de Feiras e Exposições respeitando a capacidade de 40% de ocupação do espaço.

Museus: terão o acesso controlado não ultrapassando o limite de 1/3 da capacidade de lotação, incluindo funcionários, é recomendável receber visitas individuais e previamente agendadas.

Segue proibido:

Baladas: Permanece proibido o funcionamento de casas noturnas, boates, pubs, casas de shows e afins nas Regiões de Saúde que apresentem Risco Potencial ALTO (cor amarela). As baladas serão liberadas quando a região atingir o Risco
Potencial Moderado (representado pela cor azul).

PUBLICIDADE

Sábado com 55 novos casos de covid-19 em Balneário Camboriú

Permanecem em tratamento 270 pacientes, sendo 263 tratamentos em domicílio e sete internados

Criança atropelada por moto em Camboriú precisa de ajuda financeira

A garota passará por uma cirurgia na manhã deste sábado (24) para corrigir a fratura da perna e devido a isto ficará imóvel e precisará utilizar fraldas geriátricas
PUBLICIDADE

NOTÍCIAS DE

Balneário Camboriú

SOCIAL PROOF

215,753CurtidasCurtir
36,955SeguidoresSiga
185InscritosInscreva-se

COMENTE

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

PUBLICIDADE
Enviar mensagem
Envie sua notícia
Envie sua NOTÍCIA ou sua DENÚNCIA para a nossa equipe de jornalismo!