Nós Balneário Camboriú

18.9 C
Balneário Camboriú

Defesa Civil de BC realizou 572 atendimentos e 38 interdições em 2019

Comparado com o ano de 2018, houve um aumento no número de atendimentos (535 em 2018) e diminuição no número de interdições (57 em 2018)

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Siga-nos no Google News

Em 2019, a Defesa Civil de Balneário Camboriú realizou 572 atendimentos e 38 interdições.

Comparado com o ano de 2018, houve um aumento no número de atendimentos (535 em 2018) e diminuição no número de interdições (57 em 2018). Outro dado importante se refere ao número de notificações. Em 2018 foram feitas 60, enquanto que, em 2019, um total de 101.

Segundo informações da Defesa Civil, em 2019 também ocorreram 26 eventos adversos; esses casos são encaminhados para o Sistema S2D (Sistema Integrado de Informações sobre Desastres). Eventos adversos são registrados de modo especial e ocorrem quando há granizo, inundação, vendavais, entre outros, causando grandes impactos na sociedade. Esse sistema auxilia na criação de um mapa dos efeitos meteorológicos.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Principais ações da Defesa Civil em 2019

Em março, a Defesa Civil passou a atender no 13º Corpo de Bombeiros Militar no intuito de unir as forças de Segurança. No mês de maio, participaram de um curso de capacitação para atendimentos de emergências ambientais.

Em setembro, a Defesa Civil de Balneário Camboriú realizou pelo 2º ano consecutivo o programa “Defesa Civil nas Escolas”, em parceria com a Secretaria da Educação, Instituto Federal Catarinense (IFC) e a Defesa Civil do Estado. O objetivo foi aproximar e levar conhecimento aos alunos dos centros educacionais do Município sobre os riscos e, principalmente, com foco na prevenção dos desastres.

No mês de outubro, cidades do Vale do Itajaí receberam Cartas de Inundação e Sistema de Previsão de Eventos Hidrológicos. Como Santa Catarina é um estado que sofre com as chuvas e seus impactos, o Governo do Estado, por meio da Defesa Civil estadual, utilizou as ações para reforçar a segurança, tornando municípios e moradores mais preparados para evitar prejuízos e aliviar riscos de desastres.

LEIA TAMBÉM:
Coronavírus: Balneário Camboriú orienta profissionais da saúde

Também em outubro, a Defesa Civil ministrou um curso de Sistema de Comando de Operação (SCO) com a participação do Coronel Giovani Matiuzzi. O curso de SCO é pouco comum e levou agências de outras cidades a se capacitarem na metodologia.

Em novembro ocorreu a Semana de Proteção e Defesa Civil, onde exercícios e debates ganharam pauta. Sete escolas do Município realizaram simulação de evacuação simultânea (durante três meses, os alunos foram treinados). Já nos edifícios, a partir de uma ação piloto, equipes identificaram possíveis problemas, verificaram os alarmes de incêndio e orientaram os moradores. Ainda nesse mês, ocorreu um debate de políticas públicas na Câmara de Vereadores.

Fechando o balanço de 2019, a Defesa Civil de Balneário Camboriú participou do simulado na “Transpetro” em Itajaí. Além disso, realizou o chamado “simulado de mesa”, quando os órgãos de segurança da cidade recebem treinamento para um possível acidente marítimo. O objetivo é reforçar as atuações diante de desastres.

Receba notícias de Balneário Camboriú e região pelo Telegram do Camboriú News

good news
especial publicitário

PUBLICIDADE

COMENTE

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

* Os comentários publicados são de absoluta responsabilidade de seus autores, e não devem ser entendidos como posicionamento do Camboriú News e seus editores.

camboriú shop