18.9 C
Balneário Camboriú

Nós Balneário Camboriú

Emissário Pressurizado de Esgoto Bruto entra em operação definitiva

A nova rede é uma das principais ações do pacote de medidas que irá contribuir com a revitalização do Rio Marambaia

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

good newshot

UniSociesc está com Plantão on-line de Condições Especiais

Siga construindo seu futuro estudando em uma das melhores instituições de ensino do Sul do País

Unimed será patrocinadora da roda gigante de Balneário Camboriú

Mensagens publicitárias da Unimed serão veiculadas nos monitores de vídeo instalados nas 36 cabines da roda gigante e nos painéis do empreendimento
Siga-nos no Google News

O novo Emissário Pressurizado de Esgoto Bruto já está em operação. A nova rede é uma das principais ações do pacote de medidas que irá contribuir com a revitalização do Rio Marambaia. Desde o último fim de semana, iniciaram os testes da rede de forma experimental, verificando o funcionamento com alguns reparos nesta segunda-feira (16), para entrar em operação definitiva.

A nova rede, projetada para atender a demanda dos próximos 30 anos, é fundamental para o saneamento da cidade, pois vai reduzir significativamente o volume de esgoto da rede atual já saturada, que em determinadas épocas do ano não suportava mais a demanda de toda a contribuição recebida.

Para o prefeito Fabrício Oliveira, é uma obra imprescindível para o desenvolvimento sustentável do turismo e para o compromisso com o meio ambiente. “Tínhamos uma rede defasada da década de 80, que não suportava mais a demanda. O emissário é um avanço importante na rede para que não ocorra o extravasamento, protegendo a rede pluvial e contribuindo com a preservação do Rio Marambaia, junto com as outras ações em andamento. Tenho certeza que essa obra trará uma melhora significativa para o saneamento de Balneário Camboriú”, comemora o prefeito.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

O Emissário Pressurizado compreende 4.748m de extensão, sendo da Rua 2001 (Barra Norte), com duas interligações entre as elevatórias da Rua 2001 e da Avenida Alvin Bauer, até a Estação de Recalque da Rua 3700 (Barra Sul – embaixo da ponte do Rio Camboriú), levando 50% da contribuição que chega nessas duas maiores elevatórias para a Estação de Tratamento de Esgoto (ETE), do Nova Esperança.

A maior parte da obra, cerca de 75%, foi executada por dentro da galeria de drenagem da Avenida Atlântica, o que gerou menos impacto e economia. “No trecho entre a Rua 2300 e Alvin Bauer, a obra ocorreu pelo método tradicional por fora da galeria, devido ao afunilamento e diminuição da sessão na altura da galeria, impossibilitando comportar adequadamente o emissário. Ainda assim, com esse projeto sugerido por servidores efetivos, técnicos da Emasa e Prefeitura, tivemos uma grande economia de quase R$ 7 milhões, se comparada com a proposta original”, menciona o diretor-geral a Emasa, Douglas Costa Beber.

A empresa executora da obra para implantação do Emissário Pressurizado de Esgoto Bruto, foi a SK Tecnologia Subaquática – EIRELI. O valor licitado da obra foi R$ 1.525.673,04 e a licitação dos materiais ocorreu separada, com custo de R$ 3.248.789,24, totalizando R$ 4.774.462,28.

Dúvidas e informações pelos Canais de Atendimento – SAC: 0800 643-6272; Fala EMASA – Whatsapp comercial: (47) 3261-0000; ou e-mail: [email protected].

PUBLICIDADE

Sábado com sol e temperatura acima de 30°C em Santa Catarina

Temperatura elevada, mais alta no final da manhã e início da tarde com máximas acima de 30°C na maior parte do estado

Kennedy Nunes será relator da denúncia contra governador e a vice

O nome dele foi sorteado durante a sessão de instalação do Tribunal Especial de Julgamento
PUBLICIDADE

NOTÍCIAS DE

Balneário Camboriú

SOCIAL PROOF

212,824FansLike
36,955FollowersFollow
185SubscribersSubscribe

COMENTE

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

PUBLICIDADE
Enviar mensagem
Envie sua notícia
Envie sua NOTÍCIA ou sua DENÚNCIA para a nossa equipe de jornalismo!