18.9 C
Balneário Camboriú

Nós Balneário Camboriú

ASSUNTOS DO MOMENTO:

Juíza suspende pagamento e bloqueia R$ 33 milhões para compra de respiradores em SC

"Há sério e fundado risco de não receber os respiradores no modelo contratado e validado pelos especialistas", avaliou a juíza

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

good news

Abertas inscrições para o processo seletivo do Bolsa Enem UniSociesc

A participação é gratuita e o cadastro pode ser feito pelo site unisociesc.com.br/enem ou pelo aplicativo “Sou Unisociesc”
00:01:07

Esteja seguro com as fechaduras da Casa das Chaves

A Casa das Chaves é especializada em fechaduras e possui equipamentos de alta resistência para a sua segurança
Siga-nos no Google News

A juíza Ana Luísa Schmidt Ramos, em exercício na 1ª Vara da Fazenda Pública da comarca da Capital, deferiu antecipação de tutela em ação popular para suspender qualquer novo pagamento relativo à aquisição de 200 respiradores por parte do governo estadual no valor de R$ 33 milhões, assim como determinou a indisponibilidade de igual montante nas contas da empresa escolhida pelo Executivo – com dispensa de licitação – para fornecer tais equipamentos.  

A dispensa de concorrência, na avaliação da magistrada, encontra amparo na situação de calamidade pública declarada pelo governo federal para combater a pandemia de coronavírus. Os contornos da contratação levada a cabo pela Secretaria Estadual da Saúde, contudo, deixaram mais dúvidas do que certezas na visão da juíza. Entre outros fatores, a empresa escolhida, que possui sede no interior carioca, apresenta informações conflitantes entre aquelas prestadas no processo e outras que disponibiliza em seu site – inclusive de endereço.

LEIA TAMBÉM:
MPSC apura aquisição de respiradores pelo Governo do Estado

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

As duas outras concorrentes que foram chamadas a cotar produtos da mesma natureza, ao seu turno, não apresentaram sequer CNPJ e têm o mesmo endereço comercial. O valor de cada respirador, na ordem de R$ 165 mil, estaria muito acima daquele praticado no mercado, segundo avaliação da magistrada.

Por fim, em uma situação que a juíza classificou de risco, o Estado já teria desembolsado a totalidade do valor do contrato em duas parcelas, mas a empresa não cumpriu as datas de entrega dos equipamentos, que venceriam entre 5 e 7 de abril para os primeiros 100 respiradores e 30 deste mês para os 100 aparelhos remanescentes. Até o momento, o Estado não recebeu nenhum respirador. Informação nos autos, aliás, dá conta da impossibilidade de a empresa fornecer o modelo exigido e de sua intenção em disponibilizar outro – notadamente de qualidade inferior.

“Há sério e fundado risco de não receber os respiradores no modelo contratado e validado pelos especialistas. Neste contexto de pandemia, que a cada minuto que passa mais pessoas são infectadas e precisam de internação em Santa Catarina, o risco de os catarinenses ficarem sem dinheiro e sem os ventiladores é evidente”, arrematou a magistrada ao deferir a tutela antecipada.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

COMENTE

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

RECEBA

newsletter

SOCIAL PROOF

206,422FansLike
36,955FollowersFollow
185SubscribersSubscribe

Guarda Municipal captura dois ladrões de bicicleta

Um dos marginais estava em posse de bicicleta furtada e o outro admitiu ter vendido a bicicleta para um receptador

PM capturou, possivelmente, um dos maiores ladrões de bicicletas em condomínios

Indivíduo capturado teve a primeira ocorrência registrada por furto de bicicleta no ano de 2006

Ruas 3122 e 3100 terão trânsito alterado nesta quarta-feira

Ligação da Marginal Leste até a Rua 3100 pela Rua 3122 faz parte do conjunto de obras que irá melhorar a mobilidade na região sul da cidade
PUBLICIDADE
Enviar mensagem
Envie sua notícia
Envie sua NOTÍCIA ou sua DENÚNCIA para a nossa equipe de jornalismo!