18.9 C
Balneário Camboriú

Nós Balneário Camboriú

ASSUNTOS DO MOMENTO:

Operação Polígrafo: PF cumpre mandado de busca e apreensão em BC e Itajaí

Operação visa desarticular esquemas de fraudes na aquisição emergencial de testes rápidos para diagnóstico da Covid-19

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

good news

★ Marmitas: Light Food BC inicia agosto com novidades no cardápio

Além das seis linhas disponíveis: Fit, Low Carb, Vegetariano, Terra, Mar, e Caldos, agora tem a opção da linha Tradicional Especial

★ Briza Energy: Balneário Camboriú ganha nova marca de energético

O Briza Energy Drink te dá uma energia "de outro mundo"
Siga-nos no Google News

A Polícia Federal deflagrou nesta quinta-feira (30) a denominada Operação Polígrafo, visando desarticular esquemas de fraudes na aquisição emergencial de testes rápidos para diagnóstico da COVID-19, por parte da Secretaria Estadual de Saúde de Rondônia.

A ação decorre de trabalho conjunto entre a Polícia Federal, Controladoria-Geral da União e Ministério Público de Rondônia, que resulta no cumprimento de 13 mandados de busca e apreensão, todos eles autorizados pelo Poder Judiciário do Estado de Rondônia.

Os mandados estão sendo cumpridos em Porto Velho/RO, Itajaí/SC, Balneário Camboriú/SC e Rio de Janeiro/RJ. O valor total da contratação investigada chega a mais de R$ 10 milhões.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Durante as investigações, foram apurados indícios de irregularidades na dispensa de licitação para compra dos testes, que não possuíam registro na ANVISA, e superfaturamento no valor de cada unidade adquirida, comparado ao preço ofertado em chamamento público realizado pela Superintendência Estadual de Licitações – SUPEL.

Com base na análise dos processos licitatórios, a CGU constatou ainda indícios de favorecimento à determinada empresa em detrimento daquelas com propostas mais vantajosas, bem como o pagamento adiantado de cerca de R$ 3 milhões, sem apresentação de garantias suficientes para cobrir os riscos relacionados à entrega dos produtos. Esse montante foi bloqueado judicialmente na esfera cível, a pedido do Ministério Público, até a conclusão das investigações.

Essa empresa suspeita foi alvo da Operação Dispneia, deflagrada pela Polícia Federal em 25/4/2020, com objetivo de apurar irregularidades na venda de respiradores pulmonares à Secretaria Municipal de Saúde de Fortaleza/CE.

Os investigados serão ouvidos na sede da Polícia Federal e responderão, na medida de sua participação, pelos crimes de fraude à licitação, corrupção, peculato, falsidade ideológica e associação criminosa, dentre outros ilícitos a serem apurados.

O nome da operação – Polígrafo – refere-se ao aparelho eletrônico conhecido popularmente como detector de mentiras, como menção às fraudes e direcionamentos das licitações.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

COMENTE

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

RECEBA

newsletter

SOCIAL PROOF

209,900FansLike
36,955FollowersFollow
185SubscribersSubscribe

Celesc registra aumento no índice de inadimplência de 33% no primeiro semestre

Cortes de energia serão retomados em agosto; Consumidores de baixa renda não terão fornecimento interrompido

Covid: Balneário Camboriú registra 42 casos nesta segunda-feira

BC soma 5.239 casos positivos na cidade, desses, 4.444 estão curados e 58 pessoas vieram a óbito

Balneário Camboriú soma 58 óbitos por coronavírus

A vítima é um idoso de 70 anos, que estava internado no Hospital Regional São José
PUBLICIDADE
Enviar mensagem
Envie sua notícia
Envie sua NOTÍCIA ou sua DENÚNCIA para a nossa equipe de jornalismo!