18.9 C
Balneário Camboriú

Nós Balneário Camboriú

Policial salva mulher que estava sendo atacada por “abelhas assassinas”

Vítima sofreu mais de 150 picadas; O Policial Militar foi picado mais de 30 vezes na região da cabeça

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

good newshot

UniSociesc está com Plantão on-line de Condições Especiais

Siga construindo seu futuro estudando em uma das melhores instituições de ensino do Sul do País

Unimed será patrocinadora da roda gigante de Balneário Camboriú

Mensagens publicitárias da Unimed serão veiculadas nos monitores de vídeo instalados nas 36 cabines da roda gigante e nos painéis do empreendimento
Siga-nos no Google News

Na sexta-feira (13), por volta das 15h, uma guarnição da Polícia Militar de Camboriú estava em rondas quando foi abordada por populares informando um ataque de abelhas a pedestres, motociclistas e veículos que passavam pela rua Ricardo Assi.

Quando a viatura chegou no local, foi observado que várias pessoas manobravam seus veículos, assustadas com a situação. Na sequencia, o que chamou atenção foi uma mulher que se debatia e gritava por socorro desesperadamente, tendo seu corpo encoberto por abelhas.

De pronto, o Policial Miliar, mesmo sem portar qualquer equipamento de proteção individual para tal contexto, saiu da viatura e passou a auxiliar a vítima, utilizando improvisadamente seu boné e as próprias mãos, a fim de retirar as centenas de abelhas do corpo da mulher.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

A vítima foi amparada e levada pelo policial até um posto de gasolina localizado na Av. Minas Gerais, mas o enxame continuou perseguindo tanto a mulher quanto o PM. Os funcionários do posto e os clientes se fecharam dentro da conveniência e no interior dos veículos. Foi então que o mesmo PM solicitou um extintor de incêndio a um dos funcionários e, utilizando-o, conseguiu reduzir o ataque e conduzir a vítima para o interior da conveniência até a chegada do Corpo de Bombeiros.

Outras viaturas chegaram na cena e procederam o isolamento do perímetro. A equipe dos Bombeiros acionou apoio de um apicultor profissional para ajudar no controle da situação.

Segundo o profissional apicultor, com 40 anos de experiência, foi localizado no canto da vegetação, próximo a ponte da rua Ricardo Assi, uma grande colmeia medindo aproximadamente 40cm de largura por 80cm de altura, de abelhas africanizadas, popularmente conhecidas por “abelhas assassinas”.

A ocorrência foi gerada devido a limpeza que acontecia no local, trabalhadores roçavam e sem perceber colidiram na colmeia, assim provocando o ataque das abelhas.

A vítima foi conduzida até o hospital e, segundo a Médica que prestou o atendimento, sofreu mais de 150 picadas, necessitando de repouso e acompanhamento daqui para frente.

O Policial Militar foi picado mais de 30 vezes na região da cabeça, tendo sido medicado e passa bem.

Após algumas horas a situação foi normalizada e com autorização dos Bombeiros Militares o trânsito foi liberado no local.

PUBLICIDADE

Sábado com sol e temperatura acima de 30°C em Santa Catarina

Temperatura elevada, mais alta no final da manhã e início da tarde com máximas acima de 30°C na maior parte do estado

Kennedy Nunes será relator da denúncia contra governador e a vice

O nome dele foi sorteado durante a sessão de instalação do Tribunal Especial de Julgamento
PUBLICIDADE

NOTÍCIAS DE

Balneário Camboriú

SOCIAL PROOF

212,856FansLike
36,955FollowersFollow
185SubscribersSubscribe

1 COMENTÁRIO

COMENTE

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

PUBLICIDADE
Enviar mensagem
Envie sua notícia
Envie sua NOTÍCIA ou sua DENÚNCIA para a nossa equipe de jornalismo!