18.9 C
Balneário Camboriú

Nós Balneário Camboriú

Prefeitura aguarda julgamento de recurso para mudar sistema de atendimento do Hospital Ruth Cardoso

Liminar judicial postergou para mais 120 dias o funcionamento do Ruth Cardoso como “porta aberta” para toda região

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

good newshot

UniAvan recebe reconhecimento nacional de Responsabilidade Social

Selo foi concedido pela Associação Brasileira de Mantenedoras do Ensino Superior (ABMES) e levou em conta ações anuais e desenvolvidas durante a pandemia

Seletivo Especial da UniSociesc acontece no dia 28 de novembro

Os candidatos devem se inscrever através do site unisociesc.com.br/vestibular e os mais bem colocados garantem bolsas de até 100%
Siga-nos no Google News

Agora em meados de janeiro, findou o prazo de 150 dias para mudança do sistema de atendimento do Hospital Municipal Ruth Cardoso, anunciado pelo prefeito Fabrício Oliveira em agosto do ano passado.

O novo sistema de atendimento referenciado a ser implantado no hospital já poderia começar a funcionar não fosse liminar judicial postergando para mais 120 dias o funcionamento do Ruth Cardoso como “porta aberta” para toda região.

O Município recorreu desta liminar do Tribunal de Justiça e aguarda o julgamento do recurso.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

O prefeito Fabrício Oliveira mantém convicta sua posição em relação à mudança de atendimento no Hospital Ruth Cardoso para melhorar o atendimento aos pacientes, garantindo a qualidade, e retornando o hospital à condição para o qual foi dimensionado, ou seja, para atendimento dos pacientes do município de Balneário Camboriú.

A estrutura do Hospital Ruth Cardoso para atender a demanda da região é comprovadamente insuficiente. Nesta semana, a UTI neonatal esteve fechada, o hospital atende além de sua capacidade, a fila de cirurgias eletivas é enorme, a demanda por atendimento de dezembro até agora aumentou 30% em relação ao mesmo período do ano passado, a sala de emergência atende além de sua capacidade, e a complexidade dos casos que chegam ao hospital também aumentou.

A mudança do sistema de atendimento do Hospital Ruth Cardoso, cujas despesas são bancadas quase que exclusivamente pelo Município, é questão vital para garantia de atendimento de qualidade ao morador de Balneário Camboriú.

PUBLICIDADE

Catador encontra um bebê dentro de lixeira em Balneário Camboriú

O caso aconteceu por volta das 15h do último sábado (28)

Final de semana com um óbito e 115 novos casos de covid em Camboriú

No momento 332 pacientes encontram-se em tratamento e 56 pessoas vieram a óbito
PUBLICIDADE

NOTÍCIAS DE

Balneário Camboriú

SOCIAL PROOF

220,866CurtidasCurtir
49,700SeguidoresSiga
4,700SeguidoresSiga
236InscritosInscreva-se

1 COMENTÁRIO

  1. Pfvor liberem sangue.
    Aguardo desde 2016.
    Se eu operar irei a óbito.

    O hemosk só libera uma bolsa quando estou com 6 de hemoglobina(já voltei várias vezes p/ casa quase desmaiando do Ruth)
    Um verdadeiro caos!!!
    Uma vergonha por tantos impostos recolhidos!!!

    Queria q esses fds tomassem todos os medicamentos q tomo,pagassem as contas,sustentassem 2 filhos sem ajuda de ninguém, e vivessem na minha pele uma semana apenas p/ sentir o mal q me causaram.

    De saco cheio…definhando a cada dia mais…

    Já pensou se alguém da família de vcs necessitasse de sangue e ñ fosse liberado???!!

    Vou denunciar no grupo da Deputada Carla Zambelli (Bolsonaro).
    Esse Pais tem q mudar!!
    E,parar de descasos e abuso de poder na área da saúde(tbm).
    S.Mello

COMENTE

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

PUBLICIDADE
Enviar mensagem
Envie sua notícia
Envie sua NOTÍCIA ou sua DENÚNCIA para a nossa equipe de jornalismo!