Nós Balneário Camboriú

18.9 C
Balneário Camboriú

Quatro ecopontos recebem óleo de cozinha usado em Balneário Camboriú

Além dos ecopontos o óleo é recebido também nas escolas da rede municipal de ensino

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

good news

Siga-nos no Google News

A prefeitura de Balneário Camboriú relembra que os quatro ecopontos implantados na cidade, através do projeto ReciclaBC, já recebem óleo de cozinha usado, no entanto é necessário que ele seja acondicionado corretamente.

Esse óleo é encaminhado para reaproveitamento, sendo o uso mais comum produzir sabão, mas na cadeia industrial ele é usado também em resinas, detergentes, rações, glicerina e biodiesel.

Reciclar o óleo de cozinha é importante para o ambiente natural, pois apenas um litro do produto pode contaminar mais de 20 mil litros de água.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Quando esse óleo é descartado na pia ou vaso sanitário ele adere às paredes dos canos, causando entupimentos do sistema de esgoto da residência e de toda a cidade.

Além dos ecopontos o óleo é recebido também nas escolas da rede municipal de ensino, num trabalho de sensibilização ambiental com milhares de alunos.

COMO ARMAZENAR

Deixe o óleo esfriar e, com a ajuda de um funil, coloque-o numa garrafa de plástico, fechando bem a tampa.

Quando tiver uma quantidade acumulada, leve ao ecoponto mais próximo.

ONDE ENTREGAR

Os ecopontos estão localizados na praça da Barra, na Terceira Avenida altura da rua 2870, na Praça Higino Pio e na Avenida Palestina esquina com rua Paraguai.

Eles funcionam 24 horas por dia. Durante o dia tem um monitor prestando orientações.

O ecoponto recebe papel, metal, plástico e vidro. Também recebe lâmpadas, pilhas e baterias em pequenas quantidades.

A entrega de lâmpadas, pilhas e baterias nos ecopontos é reservada apenas a pequenos geradores, pessoas com grandes volumes devem procurar quem lhes forneceu os produtos para encaminhar à logística reversa.

SAIBA + SOBRE O RECICLABC

Pergunta: ainda não faço parte da coleta seletiva, como posso participar?
Resposta: verifique o dia que o caminhão passa em sua rua e coloque os recicláveis para serem recolhidos.

Pergunta: qual o dia que o caminhão passa na minha rua?
Resposta: a tabela está sempre atualizada em https://reciclabc.com.br/coleta/

Pergunta: a mesma equipe recolhe o lixo comum e o reciclável?
Resposta: não, são equipes e caminhões diferentes que recolhem em dias e horários distintos.

Pergunta: já vi o caminhão misturar lixo comum com o reciclável, por qual motivo isso ocorreu?
Resposta: o reciclável deve ser posto para recolher somente no dia de passagem do caminhão específico, para evitar que o coletor confunda os resíduos.

Pergunta: quais resíduos são recicláveis?
Resposta: basicamente plásticos, vidros, metais e papéis limpos. Fraldas descartáveis e papel higiênico usado não são recicláveis. Lâmpadas fluorescentes, cartuchos de impressoras, pilhas, baterias e aparelhos eletrônicos devem ser entregues onde foram comprados, pois fazem parte da logística reversa.

Pergunta: como devo separar o reciclável?
Resposta: os resíduos devem ser separados em lixo comum e reciclável. No dia da coleta o reciclável deve ser posto para recolhimento pela equipe específica.

Pergunta: o que é feito com os recicláveis recolhidos?
Resposta: são entregues para cooperativas de reciclagem da região. Está prevista para 2020 a construção de uma Central de Valorização de Materiais, na Várzea do Ranchinho, onde as cooperativas poderão trabalhar e aumentar a renda proveniente dos recicláveis.

Pergunta: onde estão localizados os ecopontos e o que eles recebem?
Resposta: na praça da Barra, na Terceira Avenida altura da rua 2870, na Praça Higino Pio e na Avenida Palestina esquina com rua Paraguai. Eles funcionam 24 horas por dia e durante dia tem um monitor prestando orientações. Eles recebem metais, plásticos, vidros, lâmpadas, pilhas e baterias. A entrega de lâmpadas, pilhas e baterias nos ecopontos é reservada apenas a pequenos geradores, pessoas com grandes volumes devem procurar quem lhes forneceu os produtos para encaminhar à logística reversa.

Receba notícias de Balneário Camboriú e região pelo Telegram do Camboriú News

PUBLICIDADE

COMENTE

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

* Os comentários publicados são de absoluta responsabilidade de seus autores, e não devem ser entendidos como posicionamento do Camboriú News e seus editores.

camboriú shop

Enviar mensagem
Envie sua notícia
Envie sua NOTÍCIA ou sua DENÚNCIA para a nossa equipe de jornalismo!