Nós Balneário Camboriú

18.9 C
Balneário Camboriú

ReciclaBC distribuiu gratuitamente no 1° semestre milhão e setecentos mil quilos de recicláveis

Ao evitar que esses resíduos sejam desperdiçados, Balneário Camboriú está protegendo o meio ambiente

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

good news

Siga-nos no Google News

Todo material reciclável que a população de Balneário Camboriú dispensa corretamente e a Ambiental Limpeza Urbana Ltda. coleta, é doado para cooperativas que nos primeiros seis meses deste ano foram contempladas, gratuitamente, com 1.224 cargas, totalizando em torno de um milhão e setecentos mil quilos.

Embora não tenha obrigação de fazer isso, Balneário Camboriú doa parte do material reciclável para cooperativas estabelecidas também em Camboriú, devido à falta de capacidade das cooperativas de Balneário Camboriú processarem os elevados volumes que passaram a ser coletados com o sucesso do ReciclaBC.

O projeto ReciclaBC prevê a estruturação de cooperativas locais de reciclagem, em torno da nova usina de processamento que será construída na Várzea do Ranchinho, dotada de tecnologia que a situará entre as mais modernas do país, mas a obra que já tem recursos reservados ainda não foi concretizada porque espera as licenças ambientais por parte do Governo do Estado.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

“O sucesso do programa de reciclagem é mérito da população de Balneário Camboriú que aderiu à separação dos resíduos com responsabilidade”, destacou a engenheira Ivana Laís da Conceição, que coordena na Ambiental Limpeza Urbana e Saneamento Ltda. o trabalho de sensibilização da comunidade.

Nos primeiros seis meses de 2019 foram entregues às cinco cooperativas beneficiadas pelo ReciclaBC, em média 8.200 Kg de materiais recicláveis por dia e neste ano aumentou 70%, elevando a doação diária para 14.000 Kg/dia.

Ao evitar que esses resíduos sejam desperdiçados, Balneário Camboriú está protegendo o meio ambiente, prolongando a vida útil do aterro sanitário e proporcionando emprego e renda a camadas mais humildes da sociedade.

SAIBA + SOBRE O RECICLABC

Pergunta: ainda não faço parte da coleta seletiva, como posso participar?
Resposta: verifique o dia que o caminhão passa em sua rua e coloque os recicláveis para serem recolhidos.

Pergunta: qual o dia que o caminhão passa na minha rua?
Resposta: a tabela está sempre atualizada em https://reciclabc.com.br/coleta/

Pergunta: a mesma equipe recolhe o lixo comum e o reciclável?
Resposta: não, são equipes e caminhões diferentes que recolhem em dias e horários distintos.

Pergunta: já vi o caminhão misturar lixo comum com o reciclável, por qual motivo isso ocorreu?
Resposta: o reciclável deve ser posto para recolher somente no dia de passagem do caminhão específico, para evitar que o coletor confunda os resíduos. 

Pergunta: quais resíduos são recicláveis?
Resposta: basicamente plásticos, vidros, metais e papéis limpos. Fraldas descartáveis e papel higiênico usado não são recicláveis. Lâmpadas fluorescentes, cartuchos de impressoras, pilhas, baterias e aparelhos eletrônicos devem ser entregues onde foram comprados, pois fazem parte da logística reversa.

Pergunta: como devo separar o reciclável?
Resposta: os resíduos devem ser separados em lixo comum e reciclável.  No dia da coleta o reciclável deve ser posto para recolhimento pela equipe específica.

Pergunta: o que é feito com os recicláveis recolhidos?
Resposta: são entregues para cooperativas de reciclagem da região. Está prevista para 2020 a construção de uma Central de Valorização de Materiais, na Várzea do Ranchinho, onde as cooperativas poderão trabalhar e aumentar a renda proveniente dos recicláveis.

Pergunta: onde estão localizados os ecopontos e o que eles recebem?
Resposta: na praça da Barra, na Terceira Avenida altura da rua 2870, na Praça Higino Pio e na  Avenida Palestina esquina com rua Paraguai. Eles funcionam 24 horas por dia e durante  dia tem um monitor prestando orientações. Eles recebem metais, plásticos, vidros, lâmpadas fluorescentes, lâmpadas comuns (separadas das fluorescentes) pilhas e baterias. A entrega de lâmpadas, pilhas e baterias nos ecopontos é reservada apenas a pequenos geradores, pessoas com grandes volumes devem procurar quem lhes forneceu os produtos para encaminhar à logística reversa.

Pergunta: como funciona o PEV?

O PEV recebe (linha branca) refrigeradores e congeladores, fogões, lavadoras de roupa e louça, secadoras, condicionadores de ar etc; (linha marrom) monitores e televisores de tubo, plasma, LCD e LED, aparelhos de DVD e VHS, equipamentos de áudio, filmadoras etc; (Linha Azul): batedeiras, liquidificadores, ferros elétricos, furadeiras, secadores de cabelo, espremedores de frutas, aspiradores de pó, cafeteiras etc; (Linha Verde): computadores desktop e laptops, acessórios de informática, tablets e telefones celulares etc; Resíduos de Construção Civil até 0,5m³; Resíduos de poda até 0,5m³; Resíduos recicláveis em geral; Resíduos Volumosos, todos eles em quantidades domiciliares e somente para moradores de Balneário Camboriú

O PEV não recebe pilhas e baterias; pneus; medicamentos vencidos; caixas d’água; ;telhas de fibrocimento; latas e restos de tinta; lâmpadas fluorescentes; embalagens de agrotóxicos ou óleos lubrificantes.

Funcionamento: Av. Santa Catarina, nº 801 – Estados (anexo a Secretaria de Obras), de segunda a sábado das 9h às 12h e das 13h30 às 17h50.

Para ver o calendário de coleta de resíduos comuns-> https://reciclabc.com.br/coletaderesiduos/

Para ver o calendário de coleta de resíduos recicláveis -> https://reciclabc.com.br/coleta/

Para agendamento de coleta de volumosos – WhatsApp (47) 99993-0220

Para contato com o ReciclaBC – WhatsApp (47) 992093819 

Receba notícias de Balneário Camboriú e região pelo Telegram do Camboriú News

PUBLICIDADE

COMENTE

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

* Os comentários publicados são de absoluta responsabilidade de seus autores, e não devem ser entendidos como posicionamento do Camboriú News e seus editores.

camboriú shop

Enviar mensagem
Envie sua notícia
Envie sua NOTÍCIA ou sua DENÚNCIA para a nossa equipe de jornalismo!