Nós Balneário Camboriú

18.9 C
Balneário Camboriú

Saiba a importância da caixa d’água e sua higienização

A limpeza do reservatório, que deve ser realizada a cada seis meses, para não ocorrer a contaminação do líquido

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Siga-nos no Google News

Garantir a qualidade da água, monitorando todas as etapas do sistema de tratamento e abastecimento até o cavalete na entrada do imóvel, é dever da Empresa Municipal de Água e Saneamento (Emasa). Mas, o consumidor também deve fazer a sua parte. Você sabe a importância de ter uma caixa d’água e fazer a higienização periódica? Então, confere mais detalhes na Dica Emasa de hoje.

A caixa d’água tem duas finalidades básicas: garantir o abastecimento contínuo em caso de interrupção temporária, por razão de reparos emergenciais ou manutenção na rede de distribuição; e a outra função é diminuir a pressão da água, para evitar sobrecarga na tubulação e proporcionar economia no uso.

Limpeza da caixa d’água

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

A água que passa pela caixa é usada todos os dias em atividades como banho, higiene pessoal, limpezas e no preparo dos alimentos. Por isso, é imprescindível cuidar das instalações hidráulicas e da limpeza do reservatório, que deve ser realizada a cada seis meses, para não ocorrer a contaminação do líquido.

Quando a limpeza não é feita periodicamente, a caixa d’água pode acumular resíduos em seu fundo. De acordo com informações do Ministério da Saúde, além de causar obstrução, propicia o surgimento de fungos, bactérias e protozoários, podendo inclusive causar doenças como a hepatite A, esquistossomose, leptospirose, gastroenterites infecciosas, entre outras. Além da higiene, deve-se tomar o cuidado para que a caixa d’água fique sempre bem fechada, evitando a entrada de poeira, animais, ou até a proliferação do mosquito da dengue – Aedes aegypti.

Tamanho da caixa d’água

O tamanho do reservatório recomendado é uma caixa de 500 litros para um imóvel com até três pessoas. No geral, cada adulto consome 150 litros de água por dia, então, basta multiplicar a quantia de consumo individual pelo número de moradores. Em prédios esse volume pode aumentar para até 200 litros em virtude da pressão aplicada pela altura. Vale considerar também bichinhos de estimação, tamanho do jardim, entre outros fatores que possam contribuir com o consumo de água na residência.

Para saber o passo a passo da limpeza da caixa d’água, acesse: http://emasa.com.br/emasa/dicas/dicas.

Receba notícias de Balneário Camboriú e região pelo Telegram do Camboriú News

good news
especial publicitário

PUBLICIDADE

COMENTE

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

* Os comentários publicados são de absoluta responsabilidade de seus autores, e não devem ser entendidos como posicionamento do Camboriú News e seus editores.

camboriú shop