Nós Balneário Camboriú

18.9 C
Balneário Camboriú

Turistas que desapareceram após o réveillon de BC foram encontrados

Caso de jovem paranaense foi o que mais repercutiu e mobilizou as pessoas

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Siga-nos no Google News

As três pessoas que foram divulgadas como desaparecidas, entre a segunda e terça-feira, dias 2 e 3, foram encontradas. Todos os desaparecimentos ocorreram após o réveillon de Balneário Camboriú.

O primeiro a ser encontrado foi Douglas Matheus Costa Amorim, de 27 anos, que veio para Balneário Camboriú acompanhado de sua irmã para passar o réveillon. Em determinado momento da noite da virada ele se separou da irmã, entre a roda gigante e a Praça Almirante Tamandaré, e se perdeu. A família entrou em contato com hospitais, IML e delegacia, mas o rapaz só foi encontrado nesta terça-feira, 02, após a divulgação do caso na internet. A família não deu detalhes sobre as circunstâncias do desparecimento e nem como foi encontrado.

A turista de São Paulo, identificada como Lais, veio para Balneário Camboriú de ônibus com uma excursão, e, na manhã da segunda-feira (02), por volta das 11h30, a jovem saiu para ir à praia e desapareceu. O retorno do ônibus estava marcado para esta terça-feira, 03, porém duas passageiras, resolveram ficar na cidade para procurar a jovem que estava desaparecida.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Mãe e filha entraram em contato pedindo ajuda para encontrar a colega de viagem. Minutos após a divulgação, seguidores do portal encontram a moça sentada na calçada da rua 2550, enviaram foto para nossa equipe e ficaram lá até a jovem ser resgatada pelas amigas.

O terceiro caso foi o que mais repercutiu e mobilizou as pessoas, mas teve um desfecho inesperado. A jovem Isabelle Juck, de 20 anos, veio passar o réveillon em Balneário Camboriú e desapareceu no dia 1º, após encontrar alguns amigos do Paraná, estado de origem. A família mobilizou a imprensa e a polícia para localizar a moça que não mandava notícias desde então.

Nesta terça-feira (03), ela entrou em contato com amigos através do WhatsApp, de um telefone com o DDD 54. Em uma mensagem de áudio ela disse que seu celular estava sem bateria e que estava bem. A moça também enviou fotos e uma localização que apontou o supermercado Angeloni da 4ª Avenida. Seus amigos foram até o local e não a encontraram. Apesar das informações, ninguém sabia ao certo seu paredeiro e porque ela estaria se mantendo tão evasiva. Enquanto isso, a família seguiu em buscas de mais informações, até obtê-las.

Mais tarde, em contato audiovisual com seus familiares, Isabelle justificou sua falta de comunicação dizendo que estava em Florianópolis e que havia perdido seu celular em Balneário Camboriú. Ela inclusive gravou um vídeo e enviou para o portal Click Camboriú dizendo que não estava desaparecida e que está bem.

Receba notícias de Balneário Camboriú e região pelo Telegram do Camboriú News

good news
especial publicitário

PUBLICIDADE

COMENTE

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

* Os comentários publicados são de absoluta responsabilidade de seus autores, e não devem ser entendidos como posicionamento do Camboriú News e seus editores.

camboriú shop