Nós Balneário Camboriú

18.9 C
Balneário Camboriú

Vereador divulga suposta ameaça de paralisação da empresa de transporte público de BC

O print de uma conversa mostra a PgTur afirmando que “vai rodar até a hora que tiver combustível” e que “infelizmente a prefeitura não passou a verba e a empresa não tem dinheiro para abastecer”

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Siga-nos no Google News

O Vereador Eduardo Zanatta (PT), de Balneário Camboriú, divulgou na manhã desta sexta-feira (02), um print de uma mensagem que recebeu de uma moradora de Balneário Camboriú em que sua filha supostamente conversa com um WhatsApp de atendimento da concessionária PgTur. O print mostra a empresa que faz o transporte público da cidade afirmando que,“vai rodar até a hora que tiver combustível” e que “infelizmente a prefeitura não passou a verba e a empresa não tem dinheiro para abastecer”.

“É lamentável que depois da Audiência Pública do Transporte Coletivo na última sexta-feira, onde a Prefeitura afirmou que houve um acordo com a empresa PG Tur para que não houvesse a paralisação, as coisas tenham mudado. A empresa sempre soube que o contrato não permite subsídio e o reequilíbrio é apenas na tarifa. Precisamos de um transporte coletivo eficiente, é um direito da comunidade e foi isso que ela reivindicou. Quem mais utiliza o transporte são os trabalhadores e estudantes da cidade. É inadmissível termos uma situação irresponsável como essa. As pessoas estão no ponto esperando e não tem ônibus. É um descaso total com a população”, afirma o vereador.

Eduardo Zanatta afirma que está em contato com os vereadores que integram a Comissão Parlamentar Especial do Transporte e que há a possibilidade de se convocar uma reunião extraordinária ainda hoje.

Receba notícias de Balneário Camboriú e região pelo Telegram do Camboriú News

good news
especial publicitário

PUBLICIDADE

1 COMENTÁRIO

COMENTE

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

* Os comentários publicados são de absoluta responsabilidade de seus autores, e não devem ser entendidos como posicionamento do Camboriú News e seus editores.

camboriú shop