18.9 C
Balneário Camboriú

Nós Balneário Camboriú

ASSUNTOS DO MOMENTO:

Promotor abre inquérito por Fabrício abrir comércio e defender protocolo precoce contra a covid-19

"Acham que estamos brincando com vidas? Estamos lutando para salvar vidas", rebateu o prefeito

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

good news

★ Marmitas: Light Food BC inicia agosto com novidades no cardápio

Além das seis linhas disponíveis: Fit, Low Carb, Vegetariano, Terra, Mar, e Caldos, agora tem a opção da linha Tradicional Especial

★ Briza Energy: Balneário Camboriú ganha nova marca de energético

O Briza Energy Drink te dá uma energia "de outro mundo"
Siga-nos no Google News

O Ministério Público de Santa Catarina (MPSC), através do promotor Dr. Jean Forest da 9ª Promotoria de Justiça de Balneário Camboriú, abriu inquérito civil público para investigar a decisão do prefeito Fabrício Oliveira, de autorizar os médicos do município a aplicarem protocolo de tratamento precoce do covid-19. O Promotor também questiona a abertura do comércio e baseia sua denúncia, conforme seu despacho de abertura, em matérias do site Página 3 e da colunista Dagmara Spautz, do portal NSC Total.

O promotor alega não haver embasamento científico e orientação da Organização Mundial de Saúde (OMS) sobre o tratamento precoce, insinuando inclusive cunho religioso e político na adoção do procedimento, mesmo que este mesmo procedimento seja adotado na rede particular de saúde de Balneário Camboriú e em várias cidades em todo o País e no mundo.

Procurado pela reportagem o prefeito Fabrício Oliveira foi enfático em sua resposta:

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

“Quero destacar alguns pontos sobre mais este triste episódio de uma politização desnecessária de um tema tão importante. Primeiro, salientar que estamos fazendo o que está disponível e ao nosso alcance para salvar vidas, lutando contra um inimigo poderoso. Inclusive, o Ministério Público Federal (MPF) em alguns lugares do Brasil, ajuizou ações contra a União, Estado e município, para que seja estendido para toda a população, o tratamento que estiver disponível como medida de enfrentamento precoce do covid-19. Segundo, que seguimos agindo orientados e respeitando a independência do médico em prescrever o tratamento que melhor avaliar, médico manda e não prefeito ou Promotor;

Terceiro que, o que promotor local aqui em BC questiona, infelizmente pautado por boatos, é algo valioso como ofertar um tratamento precoce, que hoje é ofertado na rede privada e que estamos buscando disponibilizar para toda a população, sobretudo os mais necessitados que não possuem plano de saúde;

E mais, fazer tudo que fizemos por toda a região, com a nossa população financiando a saúde de todos que chegam em nossa rede pública municipal, com todo o abandono do Governo do Estado, é inacreditável isso acontecer, revela um desserviço e um distanciamento da realidade, muito claro de quem vive numa bolha com o conforto do Estado e não perto do que estou vendo com meus olhos, eu peguei a doença e me curei, minha esposa está doente e grávida, acham que estamos brincando com vidas? Estamos lutando para salvar vidas!

Com essa atitude, o Promotor estará criando cidadãos de duas categorias: aqueles que podem se socorrer na rede particular e terão à sua disposição o tratamento precoce e, aqueles que recorrerão ao serviço público, notadamente os mais pobres, e que não terão o direito ao mesmo tratamento.”

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

14 COMENTÁRIOS

  1. P3 = jornal esquerdista, está com o pg 3? é esquerdista tbm. Logo é obvio que não querem que o tratamento eficaz salve vidas, querem mais que o povo morra, querem desemprego, querem que o povo sofra, a violência aumente, tudo para eles ganharem dinheiro e poder. São os capachos dos globalistas. E é triste ver esses vermes infiltrados em todos lugares, não só no jornal, como quem usa ele como fonte confiavel.
    Eles não querem dar a opção do povo escolher, né espertinhos? EU quero fazer o tratamento que o prefeito recomenda, se eu não conseguir por ter sido impedido por algum orgão, e eu morrer , espero que minha familia processe esse orgão que proibiu os medicamentos de salvarem minha vida.

  2. Prefiro não acreditar que um promotor, que deveria ser ”de justiça”, esteja fazendo algo contra o prefeito Fabrício a quem devemos nossas vidas.
    E quanto à jornalista, se estudou, não aprendeu nada, melhor rasgar seu diploma.

  3. Pra quem já tem o salário (Gordo) garantido como o Nobre Promotor, fica bem fácil querer que o comércio fique fechado.
    Ridícula atitude deste Promotor.
    Faça uma enquete Doutor e veja quantos lhe apoiam e quantos apoiam o Prefeito.
    O Comércio DEVE funcionar.
    O senhor já soube do caso do Vereador Asinil?
    Tá aí uma boa pauta pro senhor trabalhar Promotor e deixar o comércio em paz.

  4. O promotor com todo respeito deveria orientar se mais, pesquisar mais. Já tem pesquisa na Bolívia em relação ao usou da ivermectina. E os dados também dos estudos na Austrália… Se não pode ajudar não atrapalhe quem tenta desesperadamente sair desse limbo

  5. Para os esquerdistas, nem todas as vidas importam, eles não querem salvar vidas, quando mais pessoas mortas melhor para incrementar o discurso ideológico político. Infelizmente, juízes e promotores públicos estão mandando e desmandando no Brasil, esse é o resultado de quase 50 anos de esquerda no poder! Parabéns ao Prefeito Fabrício pela inciativa! TODAS AS VIDAS IMPORTAM!

  6. Mais um representante da esquerda no MP, falando em embasamento científico e na OMS, que não fez nada durante a pandemia para o mundo a não ser defender a China “dona” do vírus. Se não quer usar a medicação que se apresenta, proponha outra que ajude as pessoas,

  7. Perguntem se esse promotor vai repassar seu salário e oscrendimentosvdecseus familiares.Para aqueles que por sugestão dele correndo risco de não terem o que comer se não trabalhar.
    Que ele ao invés de criticar a atitude do prefeito ele apresente através de atitude pra ajudar na solução desta pandemia…

  8. Apoio o prefeito Fabricio de Oliveira. Abertura do comércio com protocolos necessários. Tem gente com fome, ansiedade, pensando em roubar e matar p sobreviver. Eu tomei Ivermectina c todos da minha família. Todos estamos saindo quando necessário e todos livres da doença. Graças a Deus que nunca nos abandonou.

COMENTE

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

RECEBA

newsletter

SOCIAL PROOF

209,748FansLike
36,955FollowersFollow
185SubscribersSubscribe

Semana de sol com tardes mais quentes em Santa Catarina

Um sistema de massa de ar de seco influencia em Santa Catarina

Faleceu Marlene Werner, esposa de Artenir Werner, sócio-fundador da UniAvan

Dona Nena, como era carinhosamente conhecida por todos, foi grande apoiadora de uma educação superior acessível e de qualidade às pessoas

Grupo é abordado na Av. Brasil após alugar carro com documentos falsos

Polícia Civil montou uma operação para pegar os criminosos em flagrante
PUBLICIDADE
Enviar mensagem
Envie sua notícia
Envie sua NOTÍCIA ou sua DENÚNCIA para a nossa equipe de jornalismo!