Nós Balneário Camboriú

18.9 C
Balneário Camboriú

Apesar dos alertas para novo vendaval, trabalhadores são flagrados pendurados em prédios

Trabalhadores pendurados em um prédio na Barra Sul, um dia após a formação do ciclone, causou espanto a alguns moradores que registram as cenas

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

good news

Siga-nos no Google News

Apesar de não existir uma segunda onda do ciclone, segundo a previsão meteorológica, ainda há possibilidade de rajadas de vento ao longo do dia no Estado, em especial na região Sul, nas áreas litorâneas e no Planalto Serrano. As rajadas de vento nesta quarta-feira, 1º de julho, podem atingir ocasionalmente até os 80 km/h. A Defesa Civil vem emitindo avisos para a população que também está sendo noticiada pela mídia.

Devido as situações que quase custou a vida de três trabalhadores que estavam em andaime durante o ciclone-bomba na terça-feira (30), a fiscalização de obras emitiu uma nota orientando sobre conduta da construção civil em vendavais.

Entretanto, causou espanto para alguns moradores ao perceberem trabalhadores pendurados em um prédio na Barra Sul na manhã desta quarta-feira (01). Um morador flagrou dois homens fazendo manutenção nas alturas. No momento em que os trabalhadores estavam pendurados no prédio, o ciclone extratropical ainda estava ativo e se afastava em direção ao Oceano Atlântico.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Um dos trabalhadores conta que estava ciente dos riscos e garante ser capacitado na área. Segundo ele, havia um bloco desgrudando da parede, o que os ensejou a subir para removê-lo, antes que caísse na cabeça de alguém.

Receba notícias de Balneário Camboriú e região pelo Telegram do Camboriú News

PUBLICIDADE

COMENTE

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

* Os comentários publicados são de absoluta responsabilidade de seus autores, e não devem ser entendidos como posicionamento do Camboriú News e seus editores.

camboriú shop

Enviar mensagem
Envie sua notícia
Envie sua NOTÍCIA ou sua DENÚNCIA para a nossa equipe de jornalismo!