Nós Balneário Camboriú

18.9 C
Balneário Camboriú

Covid-19: Santa Catarina tem 498 vagas de UTI; apenas 78 estão ocupadas

Até está terça-feira (05) à tarde, apenas 78 vagas estavam ocupadas, dando um total de 420 vagas disponíveis

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Siga-nos no Google News

O Governo do Estado de Santa Catarina já criou 381 novos leitos de UTI em hospitais públicos e filantrópicos desde o início da pandemia do novo coronavírus – o que representa 40% a mais da capacidade hospitalar pré-existente no Estado. Unidades de todas as regiões, em 22 municípios, já tiveram a capacidade de internações ampliada.

LEIA TAMBÉM:
Mais 2 pacientes vencem a covid-19 no centro de tratamento de BC

No total o Estado conta com 498 leitos de UTI, entre SUS e Rede Privada, até está terça-feira (05) à tarde, apenas 78 vagas estavam ocupadas, dando um total de 420 vagas disponíveis.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

As vagas estão em Florianópolis, São José, Criciúma, Araranguá, Tubarão, Blumenau, Timbó, Itajaí, Balneário Camboriú, Criciúma, Joinville, Jaraguá do Sul, Mafra, Porto União, Lages, Joaçaba, Concórdia, Caçador, Curitibanos, Chapecó, Xanxerê e São Miguel Oeste.

Essa ampliação teve início um dia depois do primeiro caso suspeito do novo coronavírus ser diagnosticado em Santa Catarina, no dia 13 de março. “Nós começamos a agir para ampliar o atendimento desde o primeiro momento em que o vírus foi detectado no Estado. Continuamos aumentando a capacidade de leitos”, destaca o governador Carlos Moisés.

O novo secretário de Estado da Saúde, André Motta Ribeiro, ressalta que o objetivo é dobrar a capacidade do Estado para atender aos pacientes com Covid-19 até o final de maio – trabalho que o Centro de Operações de Emergência em Saúde (COES) vem fazendo diariamente e do qual ele é um dos coordenadores. “Nós bloqueamos um décimo da capacidade dos leitos de UTI em Santa Catarina um dia depois da criação do COES. O resultado vai aparecendo com o trabalho que fazemos no dia a dia com toda a nossa equipe. Já passamos de 350 leitos no Estado. Estamos concentrando uma capacidade hospitalar que é um investimento de anos em cerca de meses”, destaca.

De acordo com levantamento realizado pela Secretaria de Estado de Saúde (SES) nesta terça-feira, 5, o Estado conta com pelo menos 1.150 leitos de UTI, entre neonatais, adultos e pediátricos, em 48 hospitais. 

Em outros lugares do Brasil o SUS está à beira do colapso e proposta de fila única nas UTIs ganha força.

Receba notícias de Balneário Camboriú e região pelo Telegram do Camboriú News

good news
especial publicitário

PUBLICIDADE

COMENTE

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

* Os comentários publicados são de absoluta responsabilidade de seus autores, e não devem ser entendidos como posicionamento do Camboriú News e seus editores.

camboriú shop