Campanha “Não dê esmola, dê oportunidade. Ligue 156” começa na quinta, 28

O objetivo da campanha é estimular a população para que ligue para a Abordagem Social, em vez de dar esmola, criando oportunidade de atendimento especializado

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

good newshot

UniSociesc está com Plantão on-line de Condições Especiais

Siga construindo seu futuro estudando em uma das melhores instituições de ensino do Sul do País

Unimed será patrocinadora da roda gigante de Balneário Camboriú

Mensagens publicitárias da Unimed serão veiculadas nos monitores de vídeo instalados nas 36 cabines da roda gigante e nos painéis do empreendimento
Siga-nos no Google News

Não dê esmola, dê oportunidade. Ligue 156”, este é o mote da campanha de conscientização desenvolvida pela Prefeitura de Balneário Camboriú que começou sua ação nos principais semáforos da cidade nesta quinta-feira (28). O objetivo da campanha é estimular a população para que ligue para o 156, número da Abordagem Social, em vez de dar esmola, criando oportunidade de atendimento especializado às pessoas em situação de rua.

“A melhor maneira de ajudar as pessoas em situação de rua é dar oportunidade a elas. Enquanto se dá esmola, se mantém essas pessoas nesta situação. Quando se chama a equipe de abordagem social, este cidadão tem o encaminhamento correto e um atendimento digno e especializado”, explica a Secretária de Desenvolvimento Social, Christina Barrichello.

Também os comércios, bares e restaurantes serão visitados por equipes que distribuirão material informativo e orientarão os comerciantes sobre a necessidade de fazer o encaminhamento via 156 de pessoas em situação de rua.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Até o mês de outubro deste ano, a equipe de Abordagem Social realizou 14.615 acolhimentos, cedeu 637 passagens rodoviárias, e 193 internações em Centros para Tratamento de Dependência Química. No total, 2.264 pessoas em situação de rua receberam algum auxílio da Inclusão Social no ano de 2019. São atendidas em média 120 pessoas que nunca haviam sido ajudadas por mês.

Para a secretária de Desenvolvimento e Inclusão Social, o esforço é constante para auxiliar essas pessoas. “Temos duas equipes matutinas, duas vespertinas, uma noturna e uma de madrugada, atendendo de maneira constante as demandas da cidade. Além disso, teremos um ponto fixo na Praça Almirante Tamandaré e pessoas da equipe da Abordagem de bicicleta e motocicleta”, explica Christina.

Na Casa de Passagem os frequentadores participam de aulas de ginástica, atividades laborais e recebem as visitas de instituições para conversas. “Queremos mostrar que ainda há jeito de recomeçar, de reconstruir a vida e a autoestima”, completa a Secretária.

PUBLICIDADE

Camboriú registra 2 casos de covid-19 nesta quarta-feira

No momento 53 pacientes encontram-se em tratamento, destes 50 estão em isolamento domiciliar

Integrante de quadrilha investigada por furtos de veículos em BC é preso

A Polícia Civil recuperou um veículo furtado em BC e prendeu um dos integrantes de uma quadrilha investigada por furtos de veículos
PUBLICIDADE

SOCIAL PROOF

214,131FansLike
36,955FollowersFollow
185SubscribersSubscribe

COMENTE

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

PUBLICIDADE
Enviar mensagem
Envie sua notícia
Envie sua NOTÍCIA ou sua DENÚNCIA para a nossa equipe de jornalismo!