Criminoso que matou sargento morre em confronto com a PM no Conde Vila Verde

O rapaz de 22 anos postava costumeiramente em mídias sociais fotos suas portando armas e vestindo um colete tático

0
6148
Divulgação

A Polícia Militar vinha recebendo informações de que um homem, com extensa ficha criminal, de alta periculosidade e autor de um homicídio contra um policial militar no ano de 2017, em que assassinou a sangue frio o referido policial com disparos de arma de fogo, estaria ostentando armamento e ocupando o cargo de disciplina da facção estadual no bairro Conde Vila Verde. Somado a tal fato, o homem postava costumeiramente em mídias sociais fotos suas portando armas e vestindo um colete tático.

Na madrugada deste domingo (21), por volta das 01h45min, após levantamento de seu paradeiro, na rua Monte Olivares, em Camboriú, a Polícia Militar se dirigiu ao local e, assim que os policiais adentraram no imóvel, se depararam com o indivíduo portando arma de fogo e, mesmo após verbalização “Polícia! Larga a arma!”, o homem efetuou disparos contra os policiais, atingindo uma parede ao lado dos militares. A fim de cessar a injusta agressão, um policial efetuou disparos em revide, alvejando o agressor, que caiu ao solo, largando a arma.

O SAMU foi acionado, pois o rapaz de 22 anos ainda apresentava sinais vitais. Porém, mesmo após atendimento, ele morreu no local.

Na sequência foram acionados a Polícia Civil e o IGP, que realizaram perícia na cena. Posteriormente, o IML recolheu o corpo.

No local, foram apreendidas duas armas de fogo, uma Pistola calibre 9mm, carregada com 14 munições, um revólver calibre 38 e mais cinco munições de 9mm sobressalentes, que estavam no bolso do agente. Também foram apreendidas uma porção de maconha e uma bucha de cocaína.

COMENTE

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui