18.9 C
Balneário Camboriú

Nós Balneário Camboriú

Mulher chama a GM após ser expulsa de casa e ameaçada por marido e sogro

Quando a Guarda Municipal entrou na casa, se deparou com o sogro com uma faca na mão; Ele e o filho estavam bêbados

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

good newshot

Unimed Litoral está entre as melhores empresas para trabalhar no Brasil

Premiação foi concedida pelo Universo Online e Fundação Instituto de Administração (FIA) com base na opinião dos colaboradores de centenas de empresas avaliadas

UniAvan recebe reconhecimento nacional de Responsabilidade Social

Selo foi concedido pela Associação Brasileira de Mantenedoras do Ensino Superior (ABMES) e levou em conta ações anuais e desenvolvidas durante a pandemia
Siga-nos no Google News

Na noite de terça-feira (01), às 21h30, a Guarda Municipal foi empenhada via Central de Ocorrências (153) para atender uma ocorrência de violência doméstica na Rua 2850, no centro de Balneário Camboriú.

+ Menores são apreendidos em posse de drogas em conveniência aberta na madrugada

A guarnição chegou ao local e deparou com a vítima no lado de fora da casa. Ela informou os guardas que o marido e o sogro estavam bêbados e agressivos no interior da casa dizendo para a vítima sair de lá, mediante ameaça de morte.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

A guarnição entrou na residência e deu de cara com o sogro dela, que estava com uma faca na mão, mas quando visualizou os guardas, jogou o objeto no chão. Os autores estavam em visível estado de embriaguez e foram encaminhados até a delegacia.

Na casa, estavam a vítima e os três filhos menores, que presenciaram os fatos. Segundo a vítima, essa situação já teria ocorrido outras vezes.

Grupo de Proteção às Mulheres

As mulheres podem pedir auxílio através do número 153, e ainda diretamente pelo Grupo de Proteção à Mulher (47) 9982-2275, onde as guardas do GPM se deslocam imediatamente e prestam o apoio que for necessário à vítima – os encaminhamentos variam conforme a situação.

Programa Abraço à Mulher

O programa Abraço à Mulher tem como principal objetivo proteger e amparar as mulheres vítimas de violência doméstica. O programa funciona 24 horas, inclusive nos fins de semana; via whatsapp ou ligação telefônica pelo número (47) 9 99821906.

Existente desde 2019, o programa já atendeu 6.105 ocorrências no total. No primeiro ano foram 2.385 de atendimentos, e em 2020, de janeiro até julho, foram 3.356 de ocorrências.

PUBLICIDADE

Camboriú registra 69 novos casos de covid nesta quarta-feira

No momento 422 pacientes encontram-se em tratamento, destes 406 estão em isolamento domiciliar

Mulher de 59 anos é vítima da covid nesta quarta-feira em Camboriú

A vítima era moradora do bairro Centro e estava internada no Hospital do Coração
PUBLICIDADE

NOTÍCIAS DE

Balneário Camboriú

SOCIAL PROOF

221,449CurtidasCurtir
49,700SeguidoresSiga
4,700SeguidoresSiga
236InscritosInscreva-se

COMENTE

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

PUBLICIDADE
Enviar mensagem
Envie sua notícia
Envie sua NOTÍCIA ou sua DENÚNCIA para a nossa equipe de jornalismo!