18.9 C
Balneário Camboriú

Secretaria de Saúde de SC desestimula lavagens de ruas

Segundo infectologistas, a eficácia é muito reduzida no combate à transmissão do coronavírus (covid-19)

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

good news

UniAvan investe em aulas online durante pandemia do Coronavírus

A iniciativa abrange todos os cursos da instituição, inclusive as turmas do colégio UniAvan

Quarentena? Temos delivery de marmita caseira com desconto

São oito opções de combos pra contribuir na rotina alimentar da sua família nesse período de isolamento

O Governo do Estado não estimula os municípios a realizar lavagens para higienizar espaços públicos. Segundo infectologistas, a eficácia é muito reduzida no combate à transmissão do coronavírus (Covida-19). Caso o município insista na medida, a sugestão é do uso de água pura ou mistura com hipoclorito de sódio a 2,5%.

LEIA TAMBÉM:
Sanitização passou pelas unidades saúde e rodoviária de BC

Além disso, é importante ressaltar que o estado está em época de estiagem e as medidas de conscientização para economia de água devem ser adotadas. Durante entrevista coletiva concedida nesta segunda-feira, dia 23, o secretário de Estado da Saúde, Helton Zeferino, sugeriu alguns cuidados com relação a essas medidas.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

LEIA TAMBÉM:
Março termina com pouca chuva em Santa Catarina

O primeiro cuidado refere-se ao uso de produtos químicos. Segundo parecer da Superintendência de Vigilância em Saúde da SES há receio de que alguns produtos poluentes estejam sendo utilizados nestas limpezas. Esses produtos podem escorrer para as redes pluviais e gerar a contaminação ambiental dos cursos d’água. Por isso a recomendação de que um eventual produto a ser utilizado seja água pura com hipoclorito de sódio a 2%. “Além disso, é um custeio a maior e resultado prático muito pequeno”, disse Zeferino.

A outra preocupação é com relação ao uso de jatos d’água compactos. “A nossa recomendação é que sejam feitas limpezas por pulverização, e não com jatos compactos”, disse. Segundo o médico, os jatos podem provocar a formação de aerossóis que, por sua vez, podem transmitir alguns patógenos à população do entorno.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

PUBLICIDADE

veja também

PUBLICIDADE

RECEBA

newsletter

SOCIAL PROOF

198,141FãsCurtir
32,052SeguidoresSeguir
67SeguidoresSeguir

Secretário de obras Mazoca testa positivo para coronavírus

Incluído no grupo de risco, com 69 anos de idade, Mazoca está em isolamento social desde o dia 16 de março

Governo do Estado esclarece gasto milionário com publicidade sem licitação

Campanha publicitária feita em caráter emergencial, com dispensa de licitação, custará R$ 2,5 milhões

Governador Moisés inseguro com ações de retomada da atividade econômica

Governador hesita: Carlos Moisés diz que retomada gradual da atividade depende da preparação do sistema de saúde
PUBLICIDADE
Enviar mensagem
Envie sua notícia
Envie sua NOTÍCIA ou sua DENÚNCIA para a nossa equipe de jornalismo!
Powered by