Nós Balneário Camboriú

18.9 C
Balneário Camboriú

Vereadores votam projeto que obriga a separar lixo reciclável

O projeto prevê que na primeira infração o fiscal entregue um panfleto com orientações sobre a forma de separar o lixo; Na reincidência, é multa

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Siga-nos no Google News

Está na pauta da sessão ordinária desta terça-feira (08) da Câmara de Vereadores de Balneário Camboriú, para votação, o Projeto de Lei 57/2019, de autoria de Marcelo Achutti (PP), que prevê a obrigação de separar o lixo em resíduos recicláveis e não recicláveis, nos imóveis comerciais e multifamiliares do município, para a coleta por parte da concessionária de limpeza pública.

O projeto prevê que na primeira infração o fiscal entregue um panfleto com orientações sobre a forma de separar o lixo. Na reincidência, a multa é de meia Unidade Fiscal Municipal (o equivalente hoje a R$ 152,00), dobrando a cada nova infração. Além da multa, os imóveis comerciais poderão ter seu alvará de localização e funcionamento suspenso pela municipalidade.

A proposição tem uma emenda do vereador Joceli Nazari (Cidadania), que acrescenta previsões como o descarte dos resíduos não recicláveis e resíduos sólidos orgânicos em sacos com a cor preta, e o descarte de resíduos recicláveis em caixas e recipientes compostos por materiais recicláveis, ou em sacos coloridos ou sacolas plásticas convencionais.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

A emenda ainda propõe que o Poder Executivo Municipal só aprove novos projetos de construção de imóveis multifamiliares e comerciais se eles contemplarem local com identificação destinado aos resíduos recicláveis e não recicláveis.

Receba notícias de Balneário Camboriú e região pelo Telegram do Camboriú News

good news
especial publicitário

PUBLICIDADE

COMENTE

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

* Os comentários publicados são de absoluta responsabilidade de seus autores, e não devem ser entendidos como posicionamento do Camboriú News e seus editores.

camboriú shop